Publicado às 14h29 deste sábado (9)

Lamentando tocar em um assunto tão delicado, a secretária de Saúde de Serra Talhada, Márcia Conrado, anunciou durante live nas redes sociais do Gabinete de Crise, na noite dessa sexta-feira (8), que a Prefeitura já licitou a compra de sacos de cadáveres e vem se preparando para aumentar a capacidade do cemitério local para receber  possíveis vítimas da covid-19.

Márcia também revelou que o governo municipal também está se organizando para a contratação de mais coveiros. “É triste ter que falar isso ao vivo”, disse ela, após demonstrar grande preocupação com o mal comportamento dos serra-talhadenses, que não vêm respeitando as regras de isolamento social na cidade [veja fotos desta sexta].

“Volto a dizer e vou ser chata e repetitiva: é necessário que fiquem em casa. Se Serra Talhada continuar do jeito que vimos hoje [sexta-feira, 8] vai acontecer aqui também [avanço de óbitos]. Márcia lembrou que o Brasil está prestes a bater a triste casa de 10 mil mortes pela covid-19.

“Isso em 60 dias”, alertou a secretária. “Então Serra Talhada está se organizando para caso aconteça algum óbito. Nós já licitamos e estamos esperando os sacos [de cadáveres] porque tem todo um protocolo a ser seguido.”

CEMITÉRIO E COVEIROS

“Hoje [sexta, 8] em reunião com o prefeito [Luciano Duque], os secretário de Serviços Públicos e de Obras já foi organizada a ampliação do cemitério [municipal] e também a contratação de novos coveiros porque a gente entende que vai ser necessário”, avaliou Márcia Conrado.

LEIA TAMBÉM

Serra Talhada dá adeus ao isolamento, ruas ficam lotadas, e comércios ‘camuflam’ atendimento