Roberta Aureliano deixa papel de Maria Bonita

Da Assessoria

A atriz e cantora Roberta Aureliano, após 10 temporadas e 50 apresentações como Maria Bonita, se despede do elenco do espetáculo O Massacre de Ângico – A Morte de Lampião, que acontece anualmente em Serra Talhada. A artista, que reside em Maceió-AL, estava no espetáculo no papel de Maria Bonita desde a primeira temporada, em 2012, com direção do inesquecível José Pimentel.

“Roberta Aureliano deu uma extensa contribuição na consolidação do espetáculo. Seu talento e generosidade, foram imprescindíveis para que O Massacre de Ângico – A Morte de Lampião fosse coberto de sucesso desde sua estreia”, afirma Cleonice Maria, produtora do espetáculo.

Veja também:   Neste feriado, confira o que abre e fecha em Serra Talhada

Roberta Aureliano deixa papel de Maria Bonita

Atriz desde os 8 anos de idade, Roberta Aureliano iniciou sua carreira junto à seu pai Mestre Ronaldo Aureliano, que também era ator. Vivenciando a cultura popular com o próprio pai e também com outros grandes nomes da Arte Alagoana:

Mestre Sebastião do Guerreiro, David Farias, Lael Correa, Glauber Teixeira, Basílio Sé, Mestre Bia, Mestre Expedito entre outros, essas vivências e o contato direto com a música popular, inspirou, inspira e influencia Roberta Aureliano no desenvolvimento de trabalhos voltados ao conhecimento e valorização da cultura popular.

Veja também:   Vereadora de ST justifica adesão ao prefeito Duque

Atriz consagrada e premiada trabalhou em diversos espetáculos, destacando-se: O médico e o Coronel, A república dos Desvalidos, O Espantalho, Precisa-se de Garçonete, Guerreiro da Viçosa – Casos e Causos, Sã Consciência insana, Murro em Ponta de Faca, A Criação do Mundo, Presepada, Gota D’água, Dorotéia e O Massacre em Angico – A Morte de Lampião.

Roberta Aureliano deixa papel de Maria Bonita