Samu em ST pode negar socorro por falta de estrutura

Publicado às 05h15 desta sexta-feira (10)

Sem estrutura suficiente para atender a cidade de Serra Talhada, o Samu pode negar socorro às vítimas. O Farol de Notícias apurou nesta quarta-feira (1) que a unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência não tem nenhuma ambulância disponível para levar a equipe até os pacientes que necessitam do cuidados médicos por cerca de 48h.

De acordo com informações, os veículos estão quebrados e a viatura em funcionamento foi disponibilizada para um posto de atendimento em Petrolândia. Por sua vez, a cidade encaminhou outro veículo para a capital do xaxado, mas não está apto a rodar na prestação de socorro.

Veja também:   Samu presta socorro no Anel Viário de ST

As ocorrências estão sendo encaminhadas para o Corpo de Bombeiros, mas os funcionários do serviço temem que casos graves não possam ter a atenção necessária e o Samu Serra Talhada peque por omissão de socorro.

Um outro problema que também atinge o Samu é o sistema de rádio que não funciona, e há informações que o aluguel com o gerador está atrasado há vários meses.

OUTRO LADO

O Farol entrou em contato com a gestão do Samu Serra Talhada para entender o caso. Até o fechamento desta edição não obtivemos resposta do contato.

Veja também:   Cientistas descobrem objeto mais luminoso do Universo