Após matéria publicada pelo Farol, na tarde desta última quinta-feira (07), sobre a  indignação de um casal morador do bairro Cohab que denunciou a falta de profissionais da saúde na Unidade Básica de Saúde do local; a Secretaria  de Saúde enviou uma nota de esclarecimento sobre o caso. Confira.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Secretaria de Saúde de Serra Talhada, vem por meio deste esclarecer a denúncia referente à unidade de saúde Cohab II. Lamentamos a dificuldade enfrentada pelo genitor e queremos salientar que, ao tomar conhecimento da situação, nossa equipe agiu prontamente para resolução.

Houve um mal-entendido: o paciente já estava cadastrado, mas mudou-se para o bairro IPSEP e, posteriormente, para a cidade de Triunfo, retornando aproximadamente há 05 meses. Nesse período, a ACS tentou, sem sucesso, realizar o cadastro.

O genitor procurou a unidade para uma consulta eletiva de puericultura, agendada e programada, não sendo uma emergência. Em caso de urgência, o médico teria atendido prontamente, pois estava disponível na unidade. A recepcionista constatou que a criança não estava cadastrada e orientou o genitor a procurar a ACS para realizar o cadastramento devido à mudança recente de residência.

A gestora da unidade já entrou em contato com o denunciante, e a criança possui uma consulta agendada para acompanhamento na unidade de saúde. Reforçamos que medidas foram adotadas para assegurar o correto cadastramento para futuros atendimentos. Estamos à disposição para oferecer o suporte necessário e garantir o acompanhamento adequado da saúde da criança.

Leia também:

Casal denuncia UBS de ST por falta de atenção ao bebê