Secretário de Márcia diz que PT é sociopata e Bolsonaro é bom

Foto: Farol de Notícias/Celso Garcia

Publicado às 10h13 desta terça-feira (15)

O secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Serra Talhada, Carlito Godoy, abriu a semana de entrevistas no programa Falando Francamente, na TV Farol, e mirou sua ‘metralhadora giratória’ contra o Partido dos Trabalhadores (PT), mesmo sendo cargo de confiança do governo Márcia Conrado, que é do PT. Na opinião do secretário, o governo municipal é de coalização, com dez vereadores do Partido Progressista (PP), da base de apoio a Jair Bolsonaro, o que segundo ele, lhe permite qualquer análise mais apurada.

Veja também:   Confira a previsão de hoje (15/07) para seu signo

“Dos 14 vereadores que apoiam a o governo de Marcia Conrado, temos 2 do PT, 2 do Patriota e 10 do PP. O governo que é do PT, mas como é que você tem 10 vereadores do PP que é hoje um dos partidos de Bolsonaro?. A prefeita é do PT, Luciano é do PT, mas o governo é de uma coalizão. Nós temos 10 vereadores do PP que é dos partidos de Bolsonaro. Vamos ser claro, o governo é de uma prefeita petista, mas é um governo de coligação de forças”, disse Carlito Godoy, aproveitando para aconselhar: “Eu, se fosse do PT, inclusive já disse isso a Luciano Duque, mas não tive oportunidade de dizer a Márcia, eu refazia o PT. O PT ganhou a presidência após 30 anos de existência e deveria reconhecer os erros e pedir uma nova chance”.

Veja também:   Rejeição de Michel Temer salta de 29% para 45% e empata com a do ex-presidente Lula

ASSISTA À ENTREVISTA CARLITO NA TV FAROL

SOCIAPATIA

Ainda durante a entrevista, nessa segunda-feira (14), o secretário governista acabou usando da psicologia para ilustrar que após os desmando do PT, durante os governos Lula e Dilma, a legenda acabou com um transtorno sério. Ele aproveitou para tecer elogios a Jair Bolsonaro. “Existe uma palavra chamada sociopatia. O sociopata é aquela pessoa que tem consciência do dano que causa e tem uma capacidade enorme de mentir. O PT está pecando na sociapatia de achar que não houve o que houve. Votei em Bolsonaro por falta de opção, mas acho que ele está fazendo um bom governo para o Brasil”, reforçou.

Veja também:   Professor vai promover 'Aulão de História' em ST