Revolver2Foto: Arquivo Farol

Após um bom tempo, este ano, registrando média de dois assassinatos por mês, Serra Talhada comemora 30 dias sem assassinatos nesta sexta-feira (16). A última morte na cidade ocorreu em 15 de setembro, vitimando Glaudinei Cleovan Batista, 44, morto a tiros na Caxixola. Um primeiro momento em que a Capital do Xaxado ficou 30 dias sem homicídios só foi registrado no início de 2015. O FAROL fez um balanço mensal de homicídios, de janeiro até agora.

Veja também:   Homem vai cobrar aluguel em ST e quase é agredido

A 19ª morte na cidade foi registrada ainda em setembro, quando um jovem de 24 anos foi esfaqueado em pleno pátio de eventos da Festa da Padroeira Nossa Senhora da Penha, no centro da cidade. Em agosto, o município registrou duas mortes, no bairro São Cristovão, no dia 30, e outra no dia 11. Já o 16º assassinato foi confirmado no dia 30 de julho. As 15ª, 14ª e 13ª mortes aconteceram dias antes, na mesma semana, ainda em julho.

Veja também:   Morte de Marielle e Anderson aguardam solução

Já o 12º assassinato aconteceu na noite de 30 de junho. O 11º foi registrado em 6 de junho. Um mês antes, a 10ª execução ocorreu em 15 de maio. Já a 9ª morte foi registrada em 22 de abril. A 8ª aconteceu uma semana antes, no dia 15. Ainda no mesmo mês, em 7 de abril, outra pessoa foi morta a tiros contabilizando a 7ª vítima. Já em março, Serra registrou quatro assassinatos. Já em fevereiro e janeiro, o município registrou uma morte em cada mês.

Veja também:   Plano Real criado por FHC completa 25 anos

POR POUCO

Mas por pouco a meta de 30 dias sem mortes não foi quebrada em Serra Talhada. Um jovem de 19 anos foi alvejado com vários tiros na noite dessa quarta-feira (14), no bairro Borborema. Em conversa com o FAROL, a Polícia Civil informou que homens numa moto disparam várias vezes contra o rapaz, que foi atingido por, pelo menos, três projéteis, mas passa bem.