fórum-inauguração

Fotos: Farol de Notícias / Alejandro García

O presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Frederico Neves, visitou nesta terça-feira (26) o interior do estado para entregar os fóruns de Serra Talhada e Arcoverde, equipamentos que somam um investimento de R$ 34 milhões, mesmo a obra não estando totalmente concluída na Capital do Xaxado. Em conversa com o FAROL, ele reconheceu que o prédio está com 95% pronto e garantiu que, nos próximos dois meses, os últimos detalhes estarão concluídos, incluindo acabamentos e mobiliário.

“Inauguramos o Fórum de Serra Talhada com o sentimento de muita alegria por poder propiciar um serviço cada vez mais  rápido para o cidadão de Serra Talhada. A informação dos serviços públicos do Tribunal é que os pequenos detalhes que faltam resolver estarão concluídos dentro de dois meses. Resolvi inaugurar agora porque nós temos 95% da obra concluída, então como você está vendo aqui permite essa inauguração”, declarou o desembargador.

DSC_0096

O FAROL também conversou com o presidente da OAB Serra Talhada, Estefferson Nogueira, que pontuou os benefícios do polo jurídico para a cidade. “Sabemos que esse Fórum irá atender bem a demanda do judiciário como também a advocacia e da população. Com mais conforto e uma situação condigna da magistratura, da advocacia e do próprio jurisdicionado. Esse novo prédio é um divisor de águas da justiça em nosso município”.

Comemorando a inauguração do polo jurídico, o prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque, relembrou as ações do governo para viabilizar a obra. “De fato nós podemos comemorar a consolidação do polo jurídico do município. Lá atrás fomos provocados pelo desembargador Jovaldo Nunes, juntamente com o desembargador Frederico, nós prontamente doamos o terreno, junto com a Câmara de Vereadores”, declarou o prefeito. Também compareceu à inauguração o deputado estadual Augusto César.

Veja também:   Irmãs gêmeas dão à luz dois bebês com o mesmo peso no mesmo dia

ESTRUTURA

O novo fórum terá cinco pavimentos com capacidade para 17 varas, com Juizados Especiais Cíveis; Central de Cartas de Ordem Precatória e Rogatória; Central de Conciliação, Mediação e Arbitragem; um auditório com capacidade para 151 pessoas e um salão do Júri que comporta até 135 pessoas. As estruturas arquitetônicas adequadas a padrões de acessibilidade, com rampas, elevadores, piso com sinalização tátil e banheiros adaptados.

DSC_0189

Segundo o presidente do TJPE, Frederico Neves, já foi concluído 95% do polo jurídico e em dois meses estará totalmente pronto 

DSC_0121fórum-desembargador fórum-estefferson fórum-prefeito