Pesquisa analisa necessidade de creches em universidades – Foto: Reprodução

A necessidade de criação de creches em universidades para auxiliar estudantes pais e mães a concluir suas graduações é tema de pesquisa em Serra Talhada.

Mãe de três filhos, aos 25 anos, Josiele Maria de Oliveira e o marido, se divide entre trabalho, cuidado das crianças e muito estudo para conquistar a sonhada graduação.

Moradora da cidade de Quixaba, no Sertão do Pajeú, ela viaja todos os dias cerca de duas horas para assistir aula à noite.

A estudante do 8º período de Ciências Econômicas da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE-UAST) comentou que com uma creche no campus ela teria mais acesso a vida universitária.

Receba as manchetes do Farol de Notícias em primeira mão WhatsApp (clique aqui)

“Eu tenho 3 filhos, um de 7 e dois com 1 ano, que são gêmeos. Meu esposo que me ajuda ficando com meus filhos para mim ir estudar. Ele trabalha de dia e a noite fica com ele para mim estudar. Eu acho importante ter creche nas universidades porque nem todas as mães tem rede de apoio”, comentou a estudante, completando:

“Nem tem alguém que possa ficar com seus filhos no período de ir pra faculdade. Nem é só mãe, né? Existem pais também que passam o dia trabalhando. E quando é a noite vem estudar, para ter uma profissão digna, dar uma vida melhor a seu filho”.

PESQUISA NA UAST

Também do curso de Ciências Econômicas, a estudante Fabiana Nunes da Silva, do 9º período, investiga junto de sua orientadora, a professora Avani Torres. Em conversa com o Farol de Notícias, a pesquisadora despertou o interesse no tema após observar diversas mães levando filhos para as salas de aula.

“Ao pesquisar, tive como resposta que não era apenas no meu ambiente acadêmico, ocorre também em outras universidades. E como funcionaria atualmente de uma creche, passei a me questionar sobre como essas mães fazem para conciliar o estudo e a vida materna”, comentou Fabiana, continuando:

“Se todas tinham alguém para dar apoio no momento de estudo, seja em creches, babás ou apoio familiar. E se tinham condições socioeconômicas para se manter mães estudantes. E veio daí a ideia sobre a verificação dessa demanda por creches de mães estudantes universitárias”.

PARTICIPE DA PESQUISA

Faça parte da nossa pesquisa acadêmica sobre a Política pública de Permanência em Universidades Públicas com foco na Demanda de creches.

https://forms.gle/A6wrcTcXvKWukChQ7