Serra Talhada pode não aderir retomada de aulasPublicado às 06h07 deste domingo (6)

Com a possibilidade de liberação de retomada das aulas presenciais da rede pública de ensino após o dia 15, que será avaliada pelo governo do estado, Serra Talhada pode não aderir essa retorno, tendo em vista que, segundo a Secretaria de Educação, o município tem autonomia de tomada de decisões de acordo com a realidade particular e ainda respeitará as decisões dos pais.

Na manhã desta quinta-feira (3), a reportagem do Farol entrou em contato com a Secretaria de Educação a fim de averiguar como está esse processo de retomada de aulas e se após liberação do estado o município irá aderir ou não esse retorno. O parecer da secretaria foi coerente com a atual situação que a Capital do Xaxado está enfrentando com o crescente número de casos.

Veja também:   Adolescentes de Serra Talhada se exibem nas redes sociais com arma de fogo e são apreendidas

Segundo a assessoria de educação: ”todas as determinações do estado são sempre respeitadas pelo município, entretanto, cada município tem autonomia para tomar as decisões com base em sua realidade. Nesse caso das aulas ainda mais, tendo em vista que todas as decisões vão visar sempre preservar a saúde e a vida dos nossos alunos e profissionais. Outro ponto importante é o diálogo com os pais, que também será respeitado nas tomadas de decisões.”