Foto ilustrativa

Publicado às 17h desta quarta-feira (24)

No mesmo evento em que anunciou o lançamento do programa Mais Pavimentação, que terá um investimento de mais de R$ 17 milhões no calçamento de 150 ruas na cidade, o prefeito Luciano disse que o município vai receber um projeto, da iniciativa privada, orçado em R$ 120 milhões para a construção do maior parque de energia solar de geração distribuída de Pernambuco.

“Eu falei tanto em um projeto de energia solar, em usina de energia solar e muita gente achava graça e ria, [e isso] caía no descrédito. Ontem (22) o diretor da empresa Millenium, que é quem tem conduzido os projetos de Serra Talhada junto com o grupo Solicare – um grupo multinacional – e com a Energy Solution anunciaram para mim um investimento de R$ 120 milhões que vai estar começando agora em julho próximo, que vai gerar muitos empregos em Serra Talhada”.

“A Energy Solution Serra Talhada terá o maior parque de geração distribuída de Pernambuco”, assegurou o prefeito, continuando: “Sediará em Serra Talhada o maior parque de geração distribuída, projetos aprovados. As primeiras três usinas, cada uma custando em torno de R$ 40 milhões, é a Usina Cacto, a Usina Millenium e a Usina Palma”.

PRAZO PARA JULHO E AGOSTO

“E isso não vai ficar só por aí, recursos já assegurados de fundos internacionais e a obra começando já do final de julho para agosto. É a garantia de emprego, de renda, de desenvolvimento e mostrando que Serra Talhada não ficou preocupada com a crise e com a pandemia. Essa foi a marca deste governo, ao longo destes 7 anos nos reinventamos. Não fiquei esperando a crise de 2014 para cá e me reclamando”, enfatizou o prefeito, concluindo:

“Cristiano anunciou aqui investimentos da ordem de R$ 50 milhões que já estão aí plantados com creches, escolas, com pavimentações, com estradas rurais, com postos de saúde, com nova sede da Secretaria de Saúde, com tantas outras obras que nós construímos e seguramente posso dizer a todos vocês que mudamos a realidade e a vida do povo dessa terra”.