Publicado às 13h25 desta quarta-feira (23)

Nesta quarta-feira (23) Serra Talhada dá adeus a José Marcelo Rodrigues de Sá, 61 anos, conhecido como Marcelo Modesto, morador da Praça Sérgio Magalhães, após morte súbita por volta das 6h30. Segundo a professora Eliângela Andrade, 43 anos, cunhada de Marcelo, ele estava se recuperando de uma pneumonia para fazer a terceira troca de válvula do coração e, aparentemente, estava bem.

”Ele teve uma pneumonia há 15 dias e estava tratando, estava aguardando para uma troca de válvula. Até então, estava bem, apenas aguardando se recuperar para trocar a válvula. Dormiu direitinho, mas quando Magilene acordou e foi verificar como ele estava percebeu que estava pálido e sem pulso. Ainda levou para o Hospam, mas ele não resistiu.”

Marcelo é irmão de Márcio e Cristina Modesto, esposo de Magilene Andrade Rodrigues, 47 anos, professora, e pai de Gabriel de Andrade Rodrigues, 16 anos. Ele morou em Recife muitos anos, foi bancário e programador de sistema. Era querido na cidade, tinha muitos amigos e sempre se relacionou bem com as pessoas.

”Nós não esperávamos porque ele estava bem, estava se recuperando direitinho, o único problema era a válvula. Ele era uma pessoa alegre, animado, extrovertido. Vai deixar muita saudade para a família e todos os amigos porque a gente gostava muito dele.”

Durante entrevista ao Farol, a cunhada informou que Marcelo iniciou um tratamento no coração há cerca de 9 anos e sempre fazia o acompanhamento em Recife, no entanto, após a pandemia começou ser acompanhado aqui no Hospital Santa Marta, porém sua médica da capital continuou dando assistência de forma remota.

O corpo do serra-talhadense está sendo velado na Casa de Homenagem Póstumas Bezerra de Melo e será sepultado às 16h no cemitério local. O Farol de Notícias lamenta a partida do amigo Marcelo Modesto, presta condolências à família e amigos que choram a dor dessa partida repentina e deseja conforto aos corações enlutados.

Veja também:   Marília tem quase o dobro do 2º colocado