Serra-talhadense narra as emoções da sua 1ª viagem de trem
Foto: James Wheeler/Pexels

Por Ananias Solon, Zootecnista e pesquisador serra-talhadense

Vendo esse vídeo, me remeteu ao passado, onde tive o prazer de viajar no Trem que passava aqui por Serra Talhada, (Trem da Great West) só que ele já era movido a óleo diesel, diferente desse do vídeo abaixo, que era a vapor produzido através da queima de lenha (Maria fumaça).

Em uma maravilhosa viagem para o Recife, e eu ali sentado naquele desconfortável banco de madeira, junto à janela, mesmo com os solavancos da movimentação do trem sobre os trilhos, carregava a maior felicidade do mundo. Admirando as paisagens que me confundiam com a velocidade do trem, me dando a impressão que corriam em sentido contrário.

Veja também:   ST por enquanto de fora de toque de recolher

Ficou gravado na minha memória a zoada da buzina continua do trem na chegada a cada estação, causando aglomeração das pessoas à espera de um parente ou amigo, bem como para o embarque.

Receba as manchetes do Farol de Notícias em primeira mão pelo WhatsApp (clique aqui)

Foi maravilhoso contemplar aquelas magnificas paisagens de nosso estado de Pernambuco identificando as diferentes regiões como o Sertão, Agreste e Zona da Mata, todas com suas características e peculiaridades. Essa inesquecível viagem aconteceu na década de 70 e durou um dia e meio. Ficou marcado na minha vida, a viagem de trem mais longa que já fiz!

Veja também:   Serra-talhadense pratica assaltos em Salgueiro e é preso nessa 4ª