Serra-talhadense percorre 3,8 mil km e fatura Rally dos Sertões

Com informações e foto do Esportes DP

O piloto serra-talhadense Bartolomeu Nunes, junto de outro pernambucano o navegador Luan Duarte faturaram o título do Rally dos Sertões 2023 na categoria Carros, na modalidade Pro-Brasil, destinada aos carros feitos no Brasil.

A prova começou no dia 11, em Petrolina, e teve a sua chegada  no dia 19 deste mês (sábado), na Praia do Preá, no Ceará. Foram cerca de 3.800 quilômetros de prova e dupla chegou em primeiro a bordo da sua Mitsubishi L200 Evolution.

Veja também:   Blue Ivy, filha de Beyoncé, usa marca de designer brasileira em no Grammy

O empresário pernambucano Bartolomeu Nunes é natural de Serra Talhada e começou no automobilismo em 2002, participando de trilhas e provas indoor, mais curtas. Em 2010, começou a disputar o Rally dos Sertões, completando 14 edições disputadas. Os pernambucanos foram além disso, conquistando um excelente resultado no quadro geral do Rally dos Sertões.

Dos 43 carros inscritos, Bartolomeu e Luan ficaram na 11ª classificação geral, provando o excelente desempenho da dupla, já que há categorias com carros mais “potentes”, que chegam a custar R$ 5 milhões. Segundo Bartolomeu, na Pro-Brasil, os veículos custam cerca de R$ 350 mil.
“Esse ano foi uma das edições mais duras que a gente já teve. Apesar de ser uma prova de velocidade e não de regularidade, nossa estratégia foi conseguir terminar cada etapa dentro do limite de tempo e ter uma regularidade. Pisamos fundo, mas obedecendo bem uma estratégia. Mesmo assim, estouramos dois pneus. Tivemos que andar 6km com um pneu estourado”, relatou o piloto Bartolomeu.