Publicado às 05h30 desta quinta-feira (12)

Fotos: Farol de Notícias/Celso Garcia

Após o sucesso da festa de aniversário de Serra Talhada, em termos de organização, público e aquecimento da economia local, a reportagem do Farol foi às ruas do Centro da Capital do Xaxado ouvir a população sobre expectativas de uma possível festa de São João na cidade, uma vez que alguns municípios do sertão pernambucano já anunciam grandes festejos juninos.

A reportagem conversou com 8 populares, sendo 2 de cidades circunvizinhas, a opinião dos entrevistados foram divergentes, alguns aprovariam uma grande festa junina, já estão no clima, outros continuam mais cautelosos, afirmam que não deveria promover e ainda há quem condicione um novo evento ao resultado sanitário da festa de 6 de maio, caso não haja aumento de casos de Covid-19, a cidade deveria investir no São João.

Vânia Cristina, 50 anos, dona de casa, moradora do bairro Bomba

”Já teve essa outra, uma atrás da outra não fazia diferença, esse que teve foi grande. Eu não sou muito de festa, já fui, mas depois de dois anos parado vai ser bom para as pessoas e para o comércio. Tem que se divertir um pouquinho que a vida não é só trabalho.”

 

 

 

 

Maria da Saúde, 44 anos, técnica em enfermagem, moradora de Mirandiba

”Eu não vim para a festa, mas de lá veio muita gente. Como pessoa, acho que deveria ter São João, mas como profissional da saúde acho que não porque a covid não acabou ainda, é preocupante. Depois de outra festa, pode ser que aumente os casos, tem lugarem que já está aumentando, o pessoal esquece, acha que a covid acabou, mas não está eliminada ainda. Como profissional recomendo ver como ia ficar após essa que teve para ver o resultado, se não tivesse tudo bem.”

Veja também:   Labaredas revela detalhes de show em Serra Talhada

 

 

Auxiliadora Marins Silva, 53 anos, dona de casa, moradora do Mutirão

”Não fui para a festa de João Gomes, mas curti pelo celular e acho que deveria ter São João. Nós sabemos que a covid não acabou, mas vai da consciência de cada um porque com festa ou sem festa a prefeitura não vai impedir que a covid está circulando. Meu ponto de vista é que tenha a festa, não só a de São João, mas a Festa de Setembro também, cada um que se cuide.”

 

 

 

Jéferson de Castro, 28 anos, músico morador do bairro São Cristóvão

”Eu não fui para a festa, mas muita gente elogiou, minha família gostou, parabenizou pela organização, a segurança, foi muito passiva, o pessoal todo realmente no clima da festa, de se confraternizar, comemorar o aniversário da cidade. Foi maravilhoso e se vier o São João, vai ser muito bem-vindo que já estamos no clima.”

 

 

 

Ellen Cris, 24 anos, estudante, moradora de Santa Cruz da Baixa Verde

Eu vim para a festa de João Gomes e gostei, eu acho que sim, deve ter festa de São João porque a pior parte da pandemia já passou e mesmo que não façam uma festa de São João, as pessoas sempre fazem por conta, sempre se reúnem, então é melhor fazer.

 

 

 

 

Bruno Bezerra da Silva, 21 anos, gerente comercial

”Eu acho que não deveria ter festa porque devemos esperar o resultado dessa última festa, em poucos dias, ainda não sabemos como a cidade vai se comportar, como a saúde vai reagir a isso, depois desse resultado, de ver como a população ia se comportar, se houve ou não aumento de casos poderíamos promover mais festas.”

Veja também:   Grande rede de farmácias chega à Serra Talhada e faz sucesso

 

 

 

Maria Irani da Silva, 35 ano, dona de casa, moradora do bairro Vila Bela (não autorizou foto)

”Eu acho que deve ter porque já fazia muitos anos sem festa, o pessoal tem que se alegrar mais. Muita gente foi para a festa do aniversário da cidade e gostou e precisam se animar mais, além de ser bom para o comércio também. Não sou muito de festa, mas às vezes vou dar uma olhadinha.

Suelen Martins de Lima, 22 anos, técnica em laboratório, moradora do bairro Universitário (não autorizou foto)

”Sim, até porque ficamos 2 anos, quase 3 anos, sem evento nenhum na cidade e é ótimo até movimentar a cidade. Fui para a festa de João Gomes, foi muito boa, o movimento foi grande, foi até mais do que a gente esperava.”