Colaborou Carlos Bahia

Após demitir misteriosamente o técnico Lourival Silva, o Serrano Esporte Clube deve receber um novo treinador nesta quarta-feira (17). A expectativa é que o carioca Edson Ferreira da Silva, 54 anos, se apresente para o elenco do “jumento de aço” até o meio dia. Como jogador, Edson começou nas divisões de base do Sport Clube do Recife, na década de 80, e foi jogador do Santa Cruz. Como técnico, foi campeão estadual pelo Murici, de Alagoas, em 2010, entre outros títulos.

A mudança repentina na coordenação do time aconteceu antes mesmo do início do campeonato pernambucano e causou muita polêmica. Houve bastante especulação em torno da ingerência da direção do clube nas decisões do então técnico Lourival Silva, conhecido como o “Rei dos Acessos”. Em conversa com o FAROL, ele chegou a cogitar ingerência política na questão. O Serrano tem em sua direção pessoas ligadas ao grupo do deputado estadual Sebastião Oliveira (PR).

Veja também:   Pais dizem que filhos estão sendo transportados como 'bichos' em ST

“Saio muito triste daqui, pois formei uma equipe consistente. Aqui deixei história e plantei uma semente. Agora, eu sou amigo de um futuro deputado, Anchieta Patriota, de Carnaíba. Mesmo assim eu não misturo política com futebol. Pode ser que tenha havido isso aí para minha demissão. Agora, vamos ver lá na frente quem perdeu e quem ganhou”, disse Lourival Silva.

MOTIVOS 

Durante entrevista a rádio Cultura FM, o diretor do Serrano, Dinha do Ipa, disse que aconteceram “alguns problemas” em relação a Lourival que a direção não podia ficar sem agir. Entre os fatos relatados, o presidente citou que o técnico não havia comparecido a um treino e, em outro momento, teria dado folga aos jogadores para viajar a Carnaíba.

Veja também:   Márcia Conrado lidera caravana à convenção do PSB e diz que é leal

“Ele faltou a um treino e depois deu folga aos jogadores dizendo que ia resolver problemas em Carnaíba e que estava atrás de patrocínio para o clube. Esse foi um dos motivos”, comentou Dinha do Ipa.