Sport vence o Vila Nova e entra no G-4 da Série B

Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press

Por GE-PE

Resumão

O Sport sofreu, mas conseguiu vencer o Vila Nova dentro de casa neste domingo. Pelo placar de 1 a 0, em partida atrasada da segunda rodada da Série B, o Leão segue 100% na Ilha do Retiro. O gol, marcado ainda no primeiro tempo, teve a assinatura de Vagner Love, o oitavo dele na competição e o 20º na temporada, que se isola na artilharia do torneio. O jogo marcou ainda o retorno do público geral às arquibancadas da Ilha do Retiro, após dois jogos de portões fechados e três com público exclusivo de mulheres, crianças e PCDs. Nesta noite, 15.004 pessoas estiveram presentes no estádio, resultando em uma renda de R$ 235.810,00.

Como fica?

O Sport saltou da sexta para a terceira colocação com a vitória deste domingo. Com 24 pontos, o Leão entra no G-4, mesmo ainda estando com um jogo a menos que os demais adversários da zona de classificação, e ultrapassou o próprio Vila Nova, que também tem 24 pontos, mas perde nos critérios de desempate. O Tigre, apesar de perder uma posição, é quem fecha o pelotão de acesso à elite do futebol brasileiro.

Veja também:   ST ganha loja referência para o público feminino

Agenda

A equipe rubro-negra volta a campo na próxima quinta-feira, quando joga, novamente na Ilha do Retiro, contra o Juventude, às 21h30, pela 13ª rodada da Série B. Já o Vila Nova só entra em campo às 11h do sábado, contra o Botafogo-SP, no estádio Santa Cruz.

Primeiro tempo

Apesar de o Sport ter vencido o Vila Nova por 1 a 0 no primeiro tempo, as primeiras chances foram do Tigrão, que levou muito perigo ao goleiro Renan nos dez minutos iniciais. Depois da pressão do começo, o Sport passou a equilibrar a partida e, com mais posse de bola, chegou com mais frequência na zona ofensiva. E é justamente nos momentos de dificuldade que o talento individual faz a diferença. Depois de dois jogos sem marcar, a bola sobrou nos pés de Vagner Love, que não desperdiçou a oportunidade de abrir o placar. Depois do gol, a equipe rubro-negra ainda continuou no controle, mas aos poucos o Vila foi reaparecendo na partida. Nos minutos finais, a equipe colorada ainda mandou uma bola na trave e assustou o goleiro Renan, mas o placar não foi alterado.

Veja também:   Bloco que arrasta 10 mil foliões em Serra Talhada é discriminado pela PMST, segundo organizadores

Segundo tempo

Diferente do que foi o primeiro tempo, a etapa complementar foi mais truncada. Com poucos espaços, as duas equipes encontravam dificuldades para infiltrar o setor ofensivo. Tanto Sport quanto Vila Nova voltaram sem mudanças, mas não demorou muito para que os técnicos fizessem alterações nas equipes. Com as mexidas – todas realizadas no meio e no ataque -, o Vila cresceu e chegou a levar perigo. Já do lado do Leão, Juba foi quem construiu mais jogadas e tentou servir os companheiros. Nos minutos finais, quase que o Rubro-negro ampliava o placar com um gol contra de Marcondes após chute de Felipinho, mas a arbitragem impugnou a jogada. Sendo assim, o gol marcado por Love ainda no primeiro tempo foi suficiente para garantir a vitória aos donos da casa, que seguem 100% como mandantes na competição.

Veja também:   Sertão abre 33 postos de empregos com vagas em ST e Salgueiro

Isolado na artilharia

Love foi, mais uma vez, o nome da vitória do Sport. Em um jogo difícil, o talento individual do atacante de 39 anos falou mais alto, ou melhor, fez a arquibancada gritar mais alto para comemorar o gol, marcado aos 24 minutos da etapa inicial. Foi o 20º gol de Love na temporada, e o oitavo só nesta Série B, isolando-o na artilharia da competição.