Fotos: Reprodução / Blog Carlos Britto

Publicado às 05h20 deste domingo (2)

O novo comando do 14º Batalhão de Polícia Militar de Serra Talhada chegou a cerca de dois meses e vem mostrando resultados positivos na atuação nas ruas da cidade no intuito de inibir crimes e manter a ordem social, principalmente ao que compete o cumprimento do Decreto Estadual 48.837/2020 que regulamenta protocolos de segurança e busca proteger a população contra a pandemia do novo coronavírus.

Em entrevista ao programa Sertão Notícias, da Rádio Cultura FM, no início da tarde dessa sexta-feira (31), o Tenente-Coronel José Ivanildo de Moura Júnior, analisou sua atuação entre junho e julho deste ano à frente do Batalhão da capital do xaxado, dentre outros assuntos, apresentou um balanço de ocorrências de descumprimento de decreto estadual no município, desde o mês de março, quando foram implantadas as medidas.

“Além da nossa missão constitucional de combate ao crime, vamos dizer assim, à criminalidade em geral, roubos, furtos, homicídios, tentativas de homicídio, nós tivemos um aumento nas demandas de fiscalização do cumprimento dos decretos estaduais. Então, isso tem demandado bastante das nossas viaturas, nossas guarnições. Temos notado sim o aumento das ocorrências, e pedi ao nosso setor de estatística para fazer um levantamento das ocorrências de descumprimento de decreto que são conduzidas para a Delegacia de Polícia Civil”.

REGISTROS MÊS A MÊS

Maio – 8 ocorrências
Abril – 23 ocorrências
Maio – 65 ocorrências
Junho – 37 ocorrências
Julho – 57 ocorrências

De acordo com os dados lançados pelo Comandante Ivanildo, nesses cinco meses de vigência dos decretos estaduais foram pelo menos 190 ocorrências atendidas pela Polícia Militar em Serra Talhada. Do primeiro caso ao último foi uma alta de 612%.

Apenas entre março e abril o aumento foi de 187%, já entre abril e maio houve uma queda de ocorrências de 182%. Já entre maio e junho houve a queda de 37% das chamadas para inibir a quebra de decreto. Entre junho e julho os os casos voltaram a subir 54%.