ST vai querer uma Câmara renovada ou os próximos capítulos?Por Giovanni Sá, editor-geral do Farol

Chegamos ao final de mais um ano legislativo. Em Serra Talhada, a última sessão da Câmara de Vereadores ocorreu na terça-feira (26). Foram dezenas de debates acalorados, projetos e indicações aprovados, moções de pesares e aplausos foi na ‘cuia grande’ e lá se foi 2023 para os nossos 17 parlamentares.

Olhando para o retrovisor, em rítmo de retrospectiva, resta saber qual o perfil do parlamentar que o eleitor deseja para Serra Talhada. Vamos em busca de uma Câmara renovada, ou estamos dispostos a comprar a pipoca e o guaraná, e ficar no meio da sala vendo às cenas dos próximos capítulos?

Veja também:   BRASIL: Após aprovação de vacina, Anvisa anuncia que grávidas não serão imunizadas

Câmara renovada é dizer não ao fisiologismo, ao jogo do ‘toma lá dá cá’, à troca de favores, aos discursos enfadonhos e bajulatórios, é dar um basta ao ‘vereador lagartixa’, ao fim do parlamentar-capacho, é retirar da tribuna o simples passador de recados e por ai vai.

Se preferir ver as cenas dos próximos capítulos, então pode ficar tranquilo e deixa como está. Se prepara para uma enxurrada de debates inócuos, agressões gratuitas aqui e acolá, etc. Você poderá até achar divertido, mas não é isso que Serra Talhada merece. Portanto, cabe a você, fazer ou não da urna, um vaso sanitário de luxo.

Veja também:   A Barragem do Jazigo, em Serra Talhada, está no limite

Feliz 2024!