Do R7

 

Um desenho atribuído a Pablo Picasso com um valor estimado de 450 mil euros (R$ 2,4 milhões) foi apreendido no início de julho no aeroporto de Ibiza, nas Ilhas Baleares, de um viajante suspeito de “contrabando”, informou a Agência Fiscal Espanhola nesta segunda-feira (18).

O desenho de 1966, conhecido como “Trois personnages” (Três Personagens, em português), foi encontrado em 5 de julho na bagagem de uma pessoa “da Suíça, que tentava entrar com a obra na Espanha sem declarar”, informou a instituição em comunicado.

Questionado por funcionários da alfândega espanhola, avisados por seus colegas suíços de que uma “obra de arte” estava sendo transportada em circunstâncias “suspeitas”, o viajante disse que era uma cópia e apresentou uma fatura de 1.500 francos suíços (R$ 8.259).

Veja também:   Trump diz que agentes do FBI "invadiram" sua casa na Flórida

Mas, no fundo da mala, as autoridades descobriram outra fatura, de 450 mil francos (R$ 2,4 milhões), emitida por uma galeria de arte de Zurique, que menciona a obra “Trois personnages” do artista espanhol Pablo Picasso.

O Ministério da Fazenda e Função Pública da Espanha publicou fotos do desenho em sua conta no Twitter.

“A Guarda Civil e a Alfândega da Agência Fiscal intervieram na tentativa de contrabando no aeroporto de Ibiza do desenho ‘Trois personnages’ (1966) atribuído a Picasso.”

De acordo com uma análise preliminar realizada por especialistas em arte contemporânea, trata-se da obra original e seu valor de mercado “corresponderia ao preço faturado pela galeria suíça”, disse o comunicado.

Veja também:   Menina de 8 anos morre atropelada em competição de rali

Este primeiro relatório ainda precisa ser confirmado por verificações posteriores realizadas por “especialistas na obra de Picasso com técnicas avançadas”, especificou a Agência Fiscal, acrescentando que foi aberta uma investigação pelo possível crime de “contrabando”.