Suspeito de matar namorada a pauladas é achado morto em cela

Moça foi morta a pauladas – Foto: Reprodução/Redes Sociais

Por Metrópoles

O homem que confessou a morte da namorada a pauladas, na capital goiana, foi encontrado morto dentro da cela onde estava preso, em Aparecida de Goiânia, na região metropolitana de Goiânia. O corpo de Maycon Alves de Almeida foi encontrado na manhã dessa terça-feira (16/1).

Segundo a delegada responsável pela investigação do caso, Ana Paula Machado, Maycon passaria por audiência de custódia no dia em que foi encontrado morto. Ele teria atentado contra a própria vida. O crime cometido por ele aconteceu no último sábado (13/1) e vitimou a diarista Raimunda Costa Silva, de 48 anos.

Veja também:   Gilberto Gil faz apelo: "Eu quero Lula Livre"

O suspeito teria feito a confissão em uma entrevista informal na delegacia e acabou preso. A vítima foi morta a pauladas após uma discussão e o corpo foi ocultado em uma região de mata no bairro All Park Polo Empresarial, em Aparecida de Goiânia.

De acordo com o próprio suspeito, o casal brigou por ciúmes. Raimunda foi vista, pela última vez, na porta do condomínio onde trabalhava, por volta das 11h de sábado, no Setor Bueno, em Goiânia.

Após confessar o crime, o suspeito foi preso. Segundo Ana Paula Machado, além de manter um relacionamento com Raimunda, o suspeito é casado e pai de três filhos. De acordo com a investigadora, o homem chegou a estar junto com a família da vítima, passando informações de que não sabia onde ela poderia estar. Conforme a delegada, ele tentou falsear a verdade dos fatos e confundir a família e a polícia”.

Veja também:   Calumbi injeta mais R$ 1 milhão na economia local

“Infelizmente, tudo indica ser a vítima que desapareceu no último sábado, após ter sido vista com esse companheiro. O suspeito apontou o local onde o corpo foi ocultado. A Polícia Civil, com trabalho da Polícia Militar, conseguiu identificar o local, no qual o corpo (da diarista) foi escondido”, disse a delegada Ana Paula Machado.

Segundo as investigações, a família de Raimunda não sabia do casamento do suspeito. O corpo encontrado deve passar por perícia para confirmar a identidade da vítima.

Apuração do caso

De acordo com a delegada, as investigações ainda devem ser concluídas. Outras duas testemunhas, que conheciam o casal, devem prestar depoimento à polícia, que apura também possíveis desavenças econômicas entre vítima e suspeito, pois Maycon foi encontrado em uma moto registrada no nome de Raimunda.