Titulares do Bolsa Família ganharão crédito especial em abril
Foto: Reprodução/Internet

Por FDR Notícias

A iniciativa terá como objetivo principal a liberação de crédito especial para os beneficiários do Bolsa Família que desejam abrir seu próprio negócio. O projeto prevê que o microempreendedor cadastrado no programa possa ter acesso a financiamentos e auxílio para regularizar sua atividade como MEI.

A expectativa é de que os detalhes sobre essa nova modalidade de empréstimo sejam divulgados oficialmente nas próximas semanas. 

Veja o que se sabe até agora sobre o novo programa:

A proposta ainda está sendo analisada pelo Governo Federal. Um estudo recente apontou que cerca de 44% das famílias atendidas pelo programa já desenvolvem algum tipo de atividade própria. O projeto prevê uma oferta de crédito baseada no faturamento anual do empreendedor.

Veja também:   Bolsa Família chega a 1,6 milhão de famílias em PE

A estimativa é de que seja ofertado um crédito de até 30% do faturamento do ano anterior. Já para mulheres, a oferta poderá ser de até 50%. As taxas de juros deverão variar de acordo com a instituição financeira onde o crédito será contratado;

Receba as manchetes do Farol de Notícias em primeira mão pelo WhatsApp (clique aqui)

No entanto, o Governo Federal projeta que elas deverão ser reduzidas para esse público em específico. O programa deverá ser oferecido em conjunto com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Os empreendedores deverão obedecer ainda as regras do MEI;

Veja também:   Bolsa Família chega a 1,6 milhão de famílias em PE

Atualmente, para se enquadrar na categoria é preciso ter um faturamento anual de no máximo R$ 81 mil. Já para fazer parte do Bolsa Família é preciso ter uma renda familiar de, no máximo, R$ 218 por pessoa. Além disso, também é necessário estar inscrito no CadÚnico do Governo Federal.

Os principais fatos de Serra Talhada e região no Farol de Notícias pelo Instagram (clique aqui)