O clima é de ‘lua de mel’ entre o prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque (PT) e o deputado estadual Sebastião Oliveira (PR). Após o gesto do republicano dando a demonstração de que pode vir a ajudar o prefeito, principalmente nas ações de saúde pública, o prefeito ajustou o discurso e criticou quem deseja um acirramento da briga entre o Partido dos Trabalhadores (PT) e a bancada de oposição.

“A relação tem que ser respeitosa e encontramos o caminho para a construção política de Serra Talhada. Agora, tem uma minoria de babão que fica incentivando a intriga e isto não me interessa. O povo não quer brigas. Ninguém gosta de brigas. Isto foi nos tempos de Lampião”, disse Luciano Duque, durante entrevista a rádio A Voz do Sertão Am, nesta terça-feira (10).

Informando que os palanques foram desarmados após as eleições, o prefeito petista confirmou que Sebastião irá alocar emendas para Serra Talhada e que as obras serão inauguradas com a presença do deputado republicano.

“Quando nos encontramos em Calumbi, ele (Sebastião) me disse que iria alocar verbas para o calçamento da Malhada. Quando isto acontecer vou fazer o registro e vou chama-lo para inaugurar a obra”, declarou Duque, arrematando: “Eu não falo mal de ninguém. Não é do meu feitio. Está na hora da gente distencionar a política de Serra Talhada. Estamos em campos diferentes mas a política não pode descambar para brigas e críticas”, finalizou Luciano Duque.

Veja também:   Salários em atraso no Samu; ITGM emite nota