Treinador do Santa Cruz detalha logística até Petrolina

“Acho isso desgastante para nossos atletas”, disse Felipe Conceição, sobre ida à Petrolina e pouco tempo de descanso – Foto: Divulgação/SCFC

Por Folha Pe

 

Depois de ter vencido o Belo Jardim por 3 a 1 neste sábado (1º), na Arena de Pernambuco, o Santa Cruz agora terá que enfrentar o Petrolina na próxima terça-feira (4), no Estádio Paulo Coelho. A logística da viagem e o curto tempo de recuperação física do elenco foram pontos levantados pelo treinador Felipe Conceição, que disse preferir enfrentar um clássico contra Náutico ou Sport a essas condições.

“É o regulamento. Eu não preferia viajar 12h, preferia pegar um clássico aqui, pela carga em que estamos. Estou aqui há uma semana. Não é só uma viagem e jogar terça, sendo que jogou sábado, sendo um espaço reduzido… é a sequência desses atletas. Isso, com certeza, pesa muito. Então, pensando nos atletas, na saúde física deles para apresentarem o melhor, com certeza o melhor é o jogo aqui”, disse Felipe Conceição.

Veja também:   Fetape identifica falhas no INSS que dificultam acesso

“Acho isso desgastante para nossos atletas. Jogar três dias depois pela tarde, e sendo decisão. Mas, temos que seguir superando as dificuldades”, complementou.

A delegação coral deixará o Recife às 12h deste domingo (2). O conforto até Petrolina está inserido na programação regenerativa dos atletas. “Após o almoço vamos seguir viagem e tem toda a estrutura de recuperação no decorrer. O clube está se esforçando, vamos ter um ônibus que permita o atleta descansar melhor. Tudo isso a diretoria está fazendo. A logística está bem feita e vamos buscar a vitória”, afirmou.

Veja também:   Visitante comportado: Santa tem fraco desempenho fora de casa

E mesmo reforçando os desgastes que vêm pelo caminho, o comandante pregou competitividade durante todo o jogo. “Não tem tempo para treinar e tem uma viagem em cima dessa recuperação. Vamos ser uma equipe competitiva e lutar até o final”, garantiu.