Da ISTOÉ

O governo ucraniano pediu, na última semana, que o Brasil enviasse mais ajuda humanitária. A lista é extensa e inclui roupas, cobertores, alimentos, água potável, itens de primeiros socorros, colchões e sacos de dormir e medicamentos.

No início do mês o Brasil já havia enviado ajuda para o país invadido com alimentos, e purificadores de água. Os mantimentos foram levados por aviões da FAB.

“Na última semana o que vimos é que o nível de ajuda humanitária está um pouco menor. Esperamos que seja uma pausa para encontrar novos recursos, porque a agressão russa está aumentando e eles estão bombardeando civis”, disse a autoridade em entrevista à Reuters.

Veja também:   Mulher ganha R$ 12,3 milhões na loteria e torra tudo com comida