Uma taça de vinho depois do trabalho pode ajudar a dormir melhor

Foto: Reprodução/ Freepik

Por Folha de Pernambuco

Pesquisadores da universidade de Washington realizaram um estudo que mostra que as pessoas podem ter uma boa noite de sono bebendo um copo de vinho antes de dormir, porém, apenas se já tiverem bebido uma xícara de café pela manhã. É a desculpa perfeita para saborear uma xícara de café durante o dia e uma taça de vinho à noite.

Isso ocorre porque a bebida alcoólica antes de dormir pode ajudar a adormecer mais, compensando o efeito da cafeína que te mantém acordado durante e alerta durante o dia. Entretanto, os pesquisadores afirmam que a melhor noite de sono será sempre alcançada evitando as duas bebidas.

Veja também:   FAROL lança promoção para empresas de ST

O estudo foi realizado com trabalhadores do mercado financeiro, ou seja, pessoas ocupadas que muitas vezes dependem tanto da cafeína quanto do álcool. Durante as seis semanas da pesquisa, os 17 participantes bebiam uma pequena xícara diária de café ou com cafeína semelhante durante o dia, o que reduzia a quantidade média de sono de alguém em cerca de 10 minutos por dia – ou uma hora por semana.

À noite, eles ingeriam uma bebida alcoólica, como um pequeno copo de vinho ou meio litro de cerveja, todos classificaram a qualidade de sono como “menos mal”. Os pesquisadores acreditam que o café pode ajudar a mascarar a sonolência diurna causada pelo efeito do álcool no sono.

Veja também:   Cunha recorre ao STF contra decisão que o torna réu da Lava Jato

“Vemos evidências que sugerem que as pessoas bebem café e álcool num esforço para “equilibrar” o seu sono. Na verdade, beber álcool depois do café pode facilitar o adormecimento, e o café pode fazer as pessoas se sentirem menos sonolentas se beberem álcool no final do dia. No entanto, eles devem estar cientes de que provavelmente ainda estão tendo um sono de pior qualidade e que é melhor evitar o álcool e a cafeína em geral”, afirma Frank Song, principal autor do estudo.

O estudo também mostrou que se os participantes ingerissem apenas a bebida alcoólica à noite, sem o café, o sono poderia ser mais agitado. O efeito aparentemente positivo do álcool ser um sedativo, que causa sonolência, é que as pessoas perdem menos sono após beberem junto com a cafeína, em vez de consumirem apenas cafeína.

Veja também:   Vidatel traz inovações em internet para ST

O efeito mais negativo é que o álcool suprime o importante sono de “movimento rápido dos olhos” (REM) no início da noite, tornando o sono de pior qualidade após uma bebida.

A cafeína, que permanece no corpo por horas, pode mascarar a sonolência que alguém sente após uma noite de sono ruim após uma bebida.

Os autores afirmam que são necessários mais estudos para chegar em um resultado mais certeiro, visto que o estudo analisou apenas a duração e a qualidade do sono relatadas pelas pessoas e não usou um rastreador de sono.