Publicado às 17h50 desta segunda (30)

O vereador bolsonarista, Vandinho da Saúde, abriu o coração e revelou os bastidores que levaram a sua saída do grupo da prefeita Márcia Conrado, do PT. Em entrevista nesta segunda-feira (30), à TV FAROL durante o programa Falando Francamente com Giovanni Sá, ele confessou que “achou humilhante” a forma como foi tirado do grupo após tecer comentários críticos ao governo diante falhas encontradas por ele na gestão da saúde. Vandinho se disse injustiçado diante, segundo ele, tudo o que fez por Márcia Conrado, até antes mesmo dela se eleger.

“Eu recebi uma mensagem da prefeita aqui de Serra Talhada, um print da matéria do Farol e mandou para mim e em baixo ele escreveu: ‘Bom dia! Com essa sua atitude eu acho melhor você assumir de fato a oposição ao meu governo. Grata por tudo e siga sua vida.’ O rompimento, eu creio que partiu da prefeita, eu não tenho nenhuma dificuldade com ela, nunca tive dificuldade de diálogo com ela, sempre que procurei ela, fui atendido e achei um pouco humilhante a forma que fui chutado para fora por uma mensagem de WhatsApp. Grata por tudo, siga sua vida e ponto final”, disse Vandinho, revelando:

“Eu respondi a ela, naquele momento: a senhora está me chutando porque eu fiz uma cobrança a secretária de saúde e não fui atendido? Eu fiquei chateado, de fato fiquei chateado, mas depois fui refletir, ela tem seus motivos e eu tenho os meus. Fui eleito para fiscalizar, estou fazendo meu papel. Sem sombra de dúvidas não tenho nenhum receio de falar isso em público, mas não tenho nada contra a prefeita. Ela decidiu tomar esse caminho e eu aceito. Achei uma falta de respeito, andei na campanha pedindo voto para ela, para minha pessoa, fui um dos pioneiros quando foi lançado o nome dela como candidata a prefeita tendo o apoio do atual gestor daquela época que era Luciano Duque. Briguei com tudo e com todos, eu e outro vereador. Alguns me criticavam, foram até o prefeito para pedir para não está expondo isso e ser chutado para fora do grupo por eu está fazendo o meu papel.”

Veja também:   A Festa do Algodão e a história da Fazenda Saco em Serra Talhada

VEJA AGORA ESSA ENTREVISTA POLÊMICA NA TV FAROL