CNH SOCIAL

O projeto de formação profissional para condutores de veículos, conhecido como CNH Social, visa oferecer gratuitamente a primeira carteira de motorista às pessoas de baixa renda.

Isso inclui as categorias A ou B, além da possibilidade de adição das categorias A ou B e mudança da categoria B para D.

Veja também:   Calor de 37°C: Policiais resgatam cães de carro enquanto tutores passeavam

No entanto, não é todo mundo que tem direito a tirar a CNH social. Confira mais detalhes a seguir.

Regras para se inscrever na CNH Social

Para se inscrever na CNH Social em 2024, é necessário atender às seguintes regras gerais:

  • Ser aluno da rede pública, no caso da modalidade para estudantes;
  • Estar desempregado por mais de um ano;
  • Possuir inscrição no Cadastro Único (CadÚnico);
  • Ter 18 anos ou mais;
  • Ser alfabetizado;
  • Apresentar renda familiar mensal de até dois salários mínimos;
  • Ser beneficiário de algum programa social.
Veja também:   Cão morre vítima de envenenamento na zona rural de ST

 Como se inscrever na CNH social?

Nos estados que oferecem o benefício, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) é a entidade encarregada das regras e emissão da CNH Social.

Assim, é no Detran do respectivo estado que os cidadãos encontrarão os requisitos para inscrição, bem como informações relevantes, incluindo o número de vagas disponíveis.

Estados que oferecem a CNH social

  • São Paulo;
  • Acre;
  • Goiás;
  • Mato Grosso do Sul;
  • Tocantins;
  • Distrito Federal;Espírito Santo;
  • Minas Gerais;
  • Rio Grande do Norte;
  • Roraima;
  • Mato Grosso do Norte;
  • Pernambuco;
  • Ceará;
  • Bahia;
  • Piauí;
  • Santa Catarina;
  • Amazonas;
  • Pará;
  • Paraná.
Veja também:   Desenrola Brasil ou Serasa Limpa Nome? Qual o mais vantajoso para acabar com as dívidas?