Publicado às 06h26 desta quinta-feira (4)

Após ser protagonista da reativação dos serviços de ultrassonografia no Hospital Agamenon Magalhães, em Serra Talhada, e após dialogar, em comissão, com o próprio secretário estadual de saúde, o vereador Vandinho da Saúde (Patriotas), usou a tribuna da Casa Legislativa, nessa quarta-feira (3), afirmando que o hospital não cumpre o que foi acordado com o secretário estadual de Saúde, André Logo. Enfático, ele diz que testemunhou uma situação específica e cobra respostas.

“Fomos comunicados em uma reunião que tivemos no Hospam, que nos finais de semana, os pacientes não deixariam de fazer os seus exames, mentira, porque hoje é quarta-feira, foi nos comunicado que toda terça, toda quarta e toda quinta-feira iria ter ultrassonografia no Hospam. Mentira. Estou com um parente meu internado lá desde sábado, precisando fazer ultrassom e não conseguiu fazer. Na terça-feira eu cheguei no Hospam, o funcionário se benzeu, eu perguntei o que estava aconteceu, porque não estava entendendo, “eu vim aqui saber se estão fazendo ultrassom, porque este camarada está precisando fazer ultrassom”, “Hoje é feriado nacional, você está esquecido ?” Então perguntei o que tinha a ver, se o médico é plantonista independente de feriado ou não, ele tem que estar lá dando o plantão dele, na folga dele tudo bem”, disparou Vandinho da Saude, cravando:

“Isso é inadmissível. O paciente deu entrada no hospital público, o responsável pela vida dele é  o estado, não é a família que tem que tirar o paciente do hospital, colocar em seu carro e ir fazer uma ultrassom, não é família que tem que tirar o paciente no soro e comprar uma medicação no privado porque no hospital não tem. Eu sei que daqui a pouco está nos blogs da cidade, no Farol de Notícias “Vereador Rabo de Cuia”, “Vereador que não sabe de nada”, “Vereador de um mandato só”, e eu estou lá me lixando para sua opinião? Essas pessoas que dão opinião e nem nomes dão, comentando em blogs da cidade, eu fui eleito para representar o povo de Serra Talhada e enquanto eu estiver nessa casa, daqui há 3 anos o povo me julgue, se eu não fiz um bom papel me tire, agora enquanto eu estiver aqui eu vou cobrar sim para o bem da população”.

Veja também:   Márcia anuncia Gusttavo Lima como atração da Festa de Setembro