camaraA entrega das 500 residências do programa Minha Casa Mina Vida, ocorrida nessa segunda-feira (1), virou mote dos parlamentares do PT durante a sessão ordinária para mostrar que a sigla ‘tem bagagem’ em Serra Talhada e, por tabela; para responder às críticas da oposição.

O vereador Manoel Enfermeiro se desmanchou em elogios ao prefeito Luciano Duque e Sinézio Rodrigues aproveitou a polêmica entrevista do secretário de Cultura, Anildomá Souza, ao FAROL, para fazer críticas ao deputado federal licenciado Sebastião Oliveira.

“Não concordo com as criticas que o secretário fez as pessoas do ex-prefeito Geni Pereira e ao ex-deputado Inocêncio Oliveira, mas com relação a Sebastião Oliveira muitas vezes tem sentido. O político tem que ter grandeza e espero que Sebastião tenha bom senso, pois política se faz com trabalho e não com críticas”, disse Rodrigues, reforçando que o republicano sós costuma fazer críticar.

Veja também:   Mais de 80 mil pessoas fugiram de Ghouta Oriental

Já o Manoel Enfermeiro bateu na tecla da imagem do PT, afirmando que em Serra Talhada a situação é diferente do que acontece na maioria dos estados brasileiros. “O PT em Serra Talhada tem vergonha na cara e eu não vejo o PR mostrar um projeto para Serra Talhada. O Partido dos Trabalhadores não tem nada errado em Serra Talhada”, garantiu Manoel Enfermeiro, numa referência aos envolvimento do partidos em vários escândalos no Brasil.