Do Diario de Pernambuco 
Pâmella Holanda, companheira do DJ Ivis, compartilhou nas redes sociais uma série de vídeos que mostra o artista a agredindo com tapas, socos e chutes. Também no Instagram, Ivis se defendeu das acusações e disse que foi vítima de chantagem. O relacionamento do casal durou dois anos e eles têm uma filha juntos, Mel, de 9 meses.
As imagens vieram à tona nesse domingo (12/7) e, segundo Pâmella, foram gravadas por uma câmera de segurança na residência do casal em datas diferentes. Por conta do teor violento dos vídeos, o Correio não irá compartilhar a gravação. Em um determinado momento, Ivis agride a mulher com a criança perto. Ele sobe no sofá e desfere tapas e socos no rosto de Pâmella.
Além dos vídeos, Pamella postou fotos de como o rosto dela teria ficado após as agressões. Depois disso, ela não comentou mais o caso nas redes sociais.
“Sempre tentei fazer de tudo para que isso não chegasse ao extremo. E, como eu disse, tenho como provar tudo, nada vai justificar a reação que eu tive, mas não aguentava mais ameaças”. “Eu não vou ter raiva do que as pessoas estão falando de mim, porque eu não posso. As pessoas estão reagindo do que estão vendo, mas estão comentando as coisas que não sabem”, continuou.
Ele também compartilhou um boletim de ocorrência registrado em março, em que relata agressão por parte de Pâmella. Segundo o documento, Ivis diz que ela “não admite de forma alguma o fim do relacionamento” e que “ameaça se jogar do condomínio e sumir com a filha menor”.
A produtora Vybbe, responsável pelo gerenciamento da carreira do DJ Ivis, informou que desligou o artista da empresa, após a divulgação dos vídeos. Ivis é produtor de Xand Avião desde a época do Aviões do Forró e, neste ano, se lançou como artista, tendo sucesso nacional com músicas como Volta bebê, volta neném e Esquema preferido.