O ano de 2021 começou com tudo nos eventos de moda, prova disso é a primeira edição da Arab Men’s Fashion Week, que acontece entre os dias 28 e 30 de janeiro no emirado de Dubai, e o London Fashion Week, a semana da moda mais esperada pelos fashionistas e que tem data prevista para os dias 19, 20, 21, 22 e 23 de fevereiro.

Apresentado pela Arab Fashion Week em parceria com o Facebook, o evento acontecerá duas vezes por ano, nos meses de janeiro e junho. Segundo informações do jornal Arab News, a semana de moda masculina árabe apresentará quatro estilistas emergentes da Paris Fashion Week. A lista de estilistas nacionais e internacionais ainda não foi anunciada.

A criação desta edição especial é justificada pela “vaidade crescente dos homens, que têm investido no visual, movimentando as áreas da beleza, estética e vestuário de forma superior, em 30% ao que é gasto pelas mulheres”, afirma o Jornal Arab News. A Semana de Moda Árabe de Dubai já é considerada um dos cinco mais importantes eventos da moda mundial, o único evento de moda oficial do mundo árabe e a versão masculina promete manter o alto padrão.

Já sobre a Semana de Moda em Londres, um dos eventos fashions mais esperados pelo grupo de amantes da moda, produzida pela British Fashion Council (BFC), negocia com o governo a realização do evento. A empresa anunciou ao público e patrocinadores que "está a debater com o Governo o melhor caminho para seguir, relativamente, à Semana da Moda de Londres, tendo em conta o atual contexto de emergência sanitária.

Como resultado das negociações, foi decidido, por hora, que o evento vai sim acontecer na data prevista, mas com ressalvas: “os desfiles, apresentações e instalações podem ser gravados e fotografados anteriormente, respeitando todas as medidas de biossegurança anti-Covid-19 do Reino Unido, mas nos dias de evento não pode ter público convidado”, explicou o BFC.

Veja também:   Prefeita Márcia lança Plano de Ação Climática para ST

Contudo, o BFC quer, por isso continua sua negociação, é que o Governo “apoie a indústria da moda” autorizando a entrada dos principais talentos do design no mundo e os modelos. Para que os mesmos possam viajar para o Reino Unido com uma introdução gradual de isenções de quarentena.

Como defesa dos argumentos usados pela produtora do evento, estão a manutenção dos negócios essenciais e de proteção da competitividade da indústria da moda britânica, que movimenta milhões de libras em cada edição, fomentando a economia do país. A Semana de Moda de Londres será transmitida pela página www.londonfashionweek.com. O site também vai disponibilizar os conteúdos e coleções dos designers participantes, durante o ano inteiro.