Fotos: Acervo pessoal cedidas ao Farol

Publicado às 04h50 desta segunda-feira (5)

Por Jéssica Guabiraba (Especial para o Farol)

Farol iniciou, neste mês, a série de reportagens “Rosa, Cor de Luta”, que revela a trajetória de mulheres que estão passando por tratamento de câncer ou que já passaram e hoje são vitoriosas. O intuito é colher depoimentos de serra-talhadenses guerreiras, para mostrar a força de cada uma. Nesta segunda reportagem, vamos conhecer um pouco mais sobre a serra-talhadense Bianka Araujo, uma publicitária de 36 anos, casada com o advogado Rafael Lobo, mãe de Léo e José e dona de uma rede de apoio forte.

Bianka é criadora da página de Facebook “Já deu tudo certo”, servindo de apoio e inspiração para todos que estão passando pelo mesmo processo. Muito positiva, ela não perde a fé em Deus, sempre esbanja um belo sorriso e segue a vida da forma mais linda possível. Ela é inspiração, força e coragem.

Em conversa com o Farol, ela nos explica como surgiu a ideia de fazer uma página relatando cada momento do seu tratamento. Com a descoberta em 2015, do câncer originário metastático, Bianka relata que o seu mundo caiu, mas que não existia possibilidade de algo dá errado. Ela sabia que tudo já tinha dado certo.

“Logo na primeira semana da descoberta do câncer, muita gente sempre vinha falar comigo e dizer que ia dar certo. Mas na minha cabeça, já tinha dado tudo certo, não era uma possibilidade, era uma certeza. Era preciso pensar que era um dia de cada vez, as coisas vão se encaixando, tenho uma rede de apoio incrível, tenho suporte. Foi até no abraço, que me falavam que tudo ia dar certo, eu disse “não”, não vai dar certo, já deu tudo certo! Eu acredito que Deus me usa como instrumento, não sou eu que ajudo as pessoas, é Ele me usando parar ajudar outras pessoas. Sempre que tenho inspiração vou lá e posto, e é bom receber o feedback das pessoas nos relatos”, explicou.

Bianka ainda fala como a fé e o otimismo foram mecanismos importantíssimos para os seus tratamentos. Ela teve a descoberta do nódulo no cólon, em seguida teve diagnóstico no fígado, depois no pulmão em seguida, voltou pra o fígado. Já são quase 6 anos entre idas e vindas ao hospital, se tratando. Mas a cabeça está sempre erguida e a fé em Deus inabalada.

“Sempre fui muito positiva, otimista, isso faz parte de mim, então eu não consigo ver um problema destruindo tudo. Pra tudo tem um jeito. Vai ser tudo no seu tempo, as coisas acontecem como tem que acontecer. Não é romantizando a doença, ou falando que é tudo tranquilo. Tem muita dificuldade, afinal de contas eu sou um ser humano né? Eu estou muito longe, de chegar lá na frente sem sentir nada, mas eu me apego muito em Deus, tenho muita fé e só Ele para me sustentar e mostrar o caminho.”

A SURPRESA DA GRAVIDEZ

Há dois anos atrás em meio ao período de revisão, começou a sentir enjoos e não sabia o que estava acontecendo, os médicos tinham falado que para ela engravidar outra vez, iria precisar de tratamentos hormonais. Ela pediu a Deus que aqueles enjoos fossem frutos de vida e não de mais doença. Foi a farmácia e comprou um teste rápido, que deu positivo. Ainda sem acreditar, fez exame de sangue e confirmou a gravidez. José veio ao mundo rodeado de amor, é o “milagrinho” da casa, veio para compor o time que Léo, o filho luz, e seu marido Rafael já compunham.

Mas não foi uma gestação fácil, no meio da gestação foi descoberta a volta da doença, que estava crescendo de forma acelerada no fígado. Uma equipe de médicos estudou as melhores opções possíveis para que Bianka pudesse criar seus dois filhos. Foi então que decidiram adiantar o parto para que o tratamento fosse iniciado o mais rápido possível. Ela nos conta como foi esse momento.

“Até eu entender que precisava antecipar o parto, para poder ver meus dois filhos crescerem, foi bem complicado. Foi um momento muito delicado e estava em uma situação desenfreada, era preciso fazer uma interferência. Foi um processo que precisei de uma equipe para poder decidir o melhor. Até que decidimos que o melhor seria antecipação de parto e foi muito dolorido. Antecipamos um mês a vinda de José ao mundo e logo depois eu comecei a quimioterapia, para depois operar, foi a fase mais difícil de todas, porque tinha o pós parto, um bebê prematuro, uma quimioterapia, eu estava fragilizada de tudo que já tinha passado. Mas graças a Deus, José está aqui, saudável e o chamamos de milagrinho, ele já tem uma história linda para contar.”

A LUTA CONTINUA

A publicitária vem lutando há 5 anos, entre várias intervenções cirúrgicas e quimioterapias, mas não se deixa abalar em nenhum momento, é carnavalesca e dona de um sorriso lindo, que recarrega qualquer um. Bianka ainda relata, que esse ano, durante o tratamento, pegou Covid-19, ficou internada em observação, mas em nenhum momento perdeu a fé. Ela fala que não se pode sofrer antecipadamente, é preciso viver cada fase com coragem e deixa uma mensagem para quem está passando pelo tratamento.

“Seja qual for a situação que estejamos vivendo, positividade, perseverança e fé são fundamentais para que o caminho seja leve e possamos sentir, lá dentro do nosso coração, que #jadeutudocerto. A vida é agora, e esse momento presente deve ser contemplado com gratidão, serenidade e muito amor, pois se Deus nos presenteou com o dom da vida e seu amparo, não podemos jamais desperdiçar tamanha oportunidade de apreciar cada segundo, mesmo que as coisas estejam seguindo um rumo divergente ao que planejamos para nós. Ao passo que nos entregamos nas mãos do nosso Senhor, vamos sentindo cada vez mais a grandiosidade da Sua presença e compreendendo que os planos Dele são incontestáveis e o melhor para nós”, ensina a guerreira.

Sigam Bianka para acompanhar seus relatos

Facebook: https://www.facebook.com/bibinalutacontraocancer

Instagram: https://www.instagram.com/biankaaraujo/?hl=pt-br

Leita também:

A força e a fé de uma serra-talhadense que venceu o câncer