Alexandre de Moraes autoriza soltura de Mauro Cid
Brasília (DF), 24/08/2023, O tenente-coronel, Mauro Cid, depoe na CPI da Câmara Legislativa do Distrito Federal. Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil

Do Diario de PE

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou a soltura do tenente-coronel Mauro Cid, preso acusado de articulação envolvendo a trama golpista que resultou nos ataques de 8 de janeiro de 2023. A determinação de Moraes autorizando a libertação ocorreu nesta sexta-feira (03).

A informação foi confirmada ao Correio por fontes na Suprema Corte. Mauro Cid firmou um acordo de colaboração premiada com a Polícia Federal e o Supremo. No entanto, o acordo está em análise, após vazarem áudios de Cid relatando suposta pressão da PF para que ele desse informações atendendo supostos interesses.

Veja também:   Celular de Mauro Cid: PF descobre conversas sobre envios de dinheiro

Mauro Cid deu detalhes sobre a elaboração de uma minuta golpista, sobre a venda, no exterior, de joias sauditas que estavam sob guarda da Presidência durante a gestão do ex-presidente Jair Bolsonaro. Ele também deu detalhes sobre o envolvimento do ex-presidente com tentativas de descredibilizar e alterar o resultado das eleições.