Alunos cobram mais transparência do governo Raquel Lyra

Governadora Raquel Lyra – Foto: Miva Filho/ Secom

Alunos bolsistas  buscaram a redação do Farol na última semana para mostrar o descontentamento com a gestão da educação no governo Raquel Lyra.

Os discentes estão sofrendo com atrasos recorrentes no pagamento das bolsas do Programa Pernambuco na Universidade – Prouni-PE, criado através da Lei estadual 17.157/2021, ainda no governo Paulo Câmara.

Segundo os estudantes, o governo pernambucano concede bolsas de estudo para ajudar alunos a pagarem as mensalidades da faculdade e demais gastos com materiais e impressões.

Veja também:   Último adeus a Wilson Melo em Serra Talhada

Receba as manchetes do Farol de Notícias em primeira mão (clique aqui)

Entretanto, a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, responsável pelo pagamento mensal do beneficio estudantil, não estabelece um prazo fixo e muitas vezes atrasa a liberação do valor, deixando os alunos pernambucanos no prejuízo. Os discentes alegaram que muitos deles possuem a bolsa como único meio de renda.

“No fim, prejudica todos os alunos do estado que por não estarem com o dinheiro atrasam a mensalidade, tendo que pagar até mesmo juros por isso. A grande dificuldade com o governo é a falta de transparência, que não nos informa quando sairá o pagamento. Muitos recebem para ajudar com custos de alimentação e com essa falta ficamos de mãos abanando  “, desabafou um dos estudantes.

Veja também:   Advogado serra-talhadense agradece