O que está por trás do estranho pacto de silêncio de Duque?

O programa político que mais cresce em audiência nos seus finais de semana, o Programa do Farol no Youtube, trouxe uma análise crítica interessante sobre um “pacto de silêncio” dentro do grupo do deputado estadual Luciano Duque.

A leitura do atual contexto político partiu do nosso comentarista Paulo César Gomes, o PC, que questionou: “Há um silêncio no grupo de Luciano Duque, um pacto de silêncio”.

Receba as manchetes do Farol de Notícias em primeira mão pelo WhatsApp (clique aqui)

“Porque todo o mundo calou-se, calou-se inexplicavelmente”, afirma Paulo César. “Luciano tardiamente lançou o nome [como pré-candidato], mas fizeram um pacto de silêncio, porque essa era a hora de Luciano bombar [nas divulgações].

Veja também:   Duque lamenta atuação de Márcia: 'Eu nunca fui ouvido'

“EU ENTENDO ESSE SILÊNCIO DE LUCIANO”, DIZ CORNÉLIO

Analisando a tese de Paulo César Gomes, o analista político do programa, Cornélio Pedro da Costa ponderou:

“Eu até entendo esse silêncio de Luciano, primeiro porque tem outra luta em relação à candidatura dele. Mas ele não se desfiliou [do Solidariedade], então vejo Luciano num debate interno com ele, e que se ele não for o candidato da oposição a vitória de Márcia é quase certa”.

“Mas existe essa questão dessa discussão da perda do mandato, e acho que ele está refletindo muito sobre isso. Na verdade, Luciano nunca rompeu com Marília, sempre esteve ao lado dela”, avaliou Cornélio.

Veja também:   Duque: 'Se incomoda que deixei recursos pra Márcia...'

“Quem fez ataques a Marília não foi Luciano. Então essa análise de que Luciano sofre injustiça eu acho correta”, rebateu Cornélio Pedro da Costa.

CONFIRA ABAIXO A ANÁLISE ABALIZADA DOS COMENTADORES DO FAROL