André Maio avalia conversas entre Márcia e 'Sebá' e 'ciumeira'
Vereador André Mario – Foto: Farol de Notícias / Licca Lima

Neste sábado (9) o vereador de oposição, André Maio (PP) colocou mais uma pimenta no molho das eleições 2024.

Nesse sentido, em entrevista ao Programa do Farol, na TV Farol, o parlamentar confirmou que o seu novo líder político, Sebastião Oliveira (Avante) foi procurado pela prefeita Márcia Conrado (PT).

Na bancada do programa, formada por Giovanni Filho, Paulo César e Cornélio Pedro.

A princípio, os comentadores questionaram Maio sobre a aproximação entre os ‘sebastianistas’ e ‘marcistas’.

“Fiquei sabendo sim, que Sebastião recebeu a prefeita. É verídica, ela [Márcia] procurou Sebastião. E ele não fecha a porta para ninguém, até porque é de Serra Talhada. Sebastião é um homem político, existe a democracia. Bem como, receber não quer dizer que receber uma pessoa, vai fechar aquele acordo. Enfim, ele recebeu Márcia, sim”, confirmou o vereador, continuando:

Veja também:   Fundador do Cirque du Soleil detido com maconha

Receba as manchetes do Farol em primeira mão pelo WhatsApp (clique aqui)

André Maio avalia conversas entre Márcia e 'Sebá' e 'ciumeira'

“Recebeu mais três integrantes que compõem o Avante, mas nada fechado. Nada definido, e ele disse sim que queria nos escutar. Ao passo que ouvir a mim, André Terto, Antônio [de Antenor] e o grupo que compõe o Avante. Disse que não tomaria nenhuma decisão sem contactar o grupo. Logo, a gente fica muito tranquilo em relação a isso”.

Os principais fatos de Serra Talhada e região no Farol pelo Instagram (clique aqui)

JANELA E CIUMEIRA 

Em contrapartida, diante da abertura da janela partidária até 6 de abril, André Maio, revelou a intenção de migrar para o partido dos irmãos Oliveira.

Veja também:   Governo de PE divulga pagamentos para 2024

No entanto, demonstrou tranquilidade em relação ao possível ciúmes que sua chegada teria causado no grupo.

“Eu ainda estou no PP, mas possivelmente posso ir para o Avante. Acho que essa questão de ciumeira na política, infelizmente, sempre existiu e vai existir. […] Creio que a nossa vida política foi construída da base, do zero. Não temos padrinhos políticos, assim como muitos têm. A gente trabalha com a população, é sinal que fomos reeleitos com o apoio do povo. Estou tranquilo com qualquer atitude que venha acontecer”, comentou.

Veja também:   Carlos Evandro admite união com Duque em 2020

VEJA A ENTREVISTA COMPLETA