Márcia avalia números de pesquisa sobre desempenho do governoPublicado às 21h desta quinta-feira (27)

A prefeita Márcia Conrado revelou como avalia a queda da aprovação da gestão, constatada meses atrás, com base no resultado de duas pesquisas de opinião divulgadas, primeiro pelo Farol, depois pela imprensa da capital.

A declaração da gestora foi durante o programa Falando Francamente com Giovanni Sá e Paulo César Gomes durante a Exposerra 2023. Márcia ponderou que pesquisa reflete um momento do governo e que as coisas já teriam começado a mudar para melhor.

“A pesquisa ela é muito importante, a pesquisa ela reflete um momento, não é?! Tem momentos que você está muito boa, tem momentos de chuva disso daquilo que talvez é a aprovação caia. Como é normal que também pode ou não pode ser conclusiva, esses mesmos institutos davam outros resultados para o governo do estado”, afirmou.

Veja também:   Planejamento estuda implantar PDV para servidores públicos

IMPORTA VÊ OS OLHOS DAS PESSOAS”

“Alguém já dizia, inclusive no seu programa, que nossa candidata teria 20 mil votos a menos do que a primeira, e isso não foi a realidade. Mas a gente faz sim essas pesquisas, essas avaliações de cada secretário. Mas para mim, o que importa mesmo é o que a gente vê nos olhos das pessoas, né? E isso todo mundo sabe, que eu faço questão de estar muito perto do povo, para a gente entender essas necessidades e procurar junto com os parceiros, as soluções”, reforçou Márcia.

Veja também:   Toreba Show, Ricardo França e Colorado em noite de forró em ST

SOU INFLUENCIADA POR PESQUISA NÃO“

“Sou influenciada pelas pesquisas, não. Ela mostra assim todas as realidades tem meses que a gente precisa melhorar na varrição das ruas, tem meses que a gente precisa melhorar em algum outro sentido. Tem secretarias que não podem ser muito avaliadas através de pesquisas, porque a população não utiliza muito daquele serviço”, avaliou Márcia, reconhecendo:

”Mas com certeza pesquisa é fundamental para que nos guie e que mostra o momento. Não quer dizer que lá você tem 95% da aprovação, vai ser até o final do seu mandato. Você tem 70% da aprovação vai ser o final do seu mandato, não. São ajustes e que a gente utiliza para chegar na população é de forma mais abrangente.”

Veja também:   FAROL DE REFLEXÃO: Uma árvore pode fazer muita diferença numa cidade como ST

VEJA O TRECHO DA ENTREVISTA DE MÁRCIA A TV FAROL