Após matéria do Farol, Educação de ST emite nota em resposta a mãePublicado às 05h40 desta sexta-feira (16)

Após matéria do Farol de Notícias com o relato de uma mãe, moradora do bairro Bom Jesus, Maria Gildervânia Lima da Silva, a Secretaria de Educação emitiu uma Nota de Esclarecimento detalhando a versão da gestão.

De acordo com a leitora, servidores públicos do município lhe faltaram com o respeito quando foi até uma instituição de ensino infantil tentar matricular o seu filho. Não conseguiu vaga para a matrícula, mas indignou-se pelo “deboche” no atendimento do funcionário.

Veja também:   Segurança é morto a tiros em posto de gasolina

NOTA – SECRETARIA DE EDUCAÇÃO

A Secretaria Municipal de Educação de Serra Talhada vem a público esclarecer os questionamentos feitos pela Sra. Maria Gildervânia Lima da Silva, moradora do Bom Jesus.

Ressaltamos que estas informações são recebidas com muita surpresa, visto que nossa orientação sempre foi zelar pela empatia, carinho e acolhimento a comunidade, fazendo-se valer o lema de nosso governo que é cuidar das pessoas. Acreditamos que assim se fez pela creche citada pela matéria.

A Secretaria de Educação convidou a senhora Maria Gildervânia para entender os fatos ocorridos e na ocasião observou que a idade da criança (menor de 1 ano) não atende o disposto na resolução do Conselho Municipal de Educação – N° 2 de 03 de junho de 2020. Fazer educação é um desafio que muito nos motiva e alegra, e reiteramos o desejo de acolher a todos.

Veja também:   Município de Calumbi quita segunda parcela do 13º Salário

Atenciosamente,

Marta Cristina
Secretária de Educação

RELEMBRE O CASO

Mãe diz que foi tratada com deboche ao tentar matricular filho