Da Folha de PE

Colorista de histórias em quadrinhos da Marvel, o designer gráfico Diego do Nascimento Lima, mais conhecido como Dijjo Lima, morreu neste domingo após uma parada cardíaca aos 34 anos, em Maracanaú, no Ceará.

“Acabei de ficar sabendo da morte desse grande colorista e professor. Meus pesâmes a sua família, amigos e aluno”, escreveu o ilustrador brasileiro.

Outro quadrinista brasileiro, Luke Ross, também foi às redes lamentar a morte de Dijjo Lima: Dijjo Lima trabalhou como colorista em dezenas de títulos de editoras americanas de histórias em quadrinhos, como a Marvel, DC e Dynamite Entertainment. O designer gráfico já trabalhou em revistas como O Espetacular Homem-Aranha, Doctor Who, Carnificina, Batman Lego e X-Men.

Nas redes sociais, Dijjo Lima compartilhava trechos de seu trabalho:

Uma de suas últimas publicações no Instagram comemorava que dois dos títulos em que trabalhava, Carnificina e Wolverine, haviam ficado entre os 50 mais lidos dos Estados Unidos em abril.

Veja também:   Jovem pede desculpas ao irmão com carta de 434 metros que pesa 5kg