Do Folhape

Foto: Olympia de Maismont/AFP

Pelo menos 21 pessoas morreram na quarta-feira (16), entre elas dois policiais, em um ataque de supostos jihadistas a um ônibus e um caminhão no sudoeste do Níger, perto de Burkina Faso – informou uma fonte local de segurança nesta quinta, à AFP.

“Um ataque terrorista realizado na tarde de quarta-feira por indivíduos fortemente armados em uma motocicleta e em um veículo deixou 19 mortos entre os passageiros de um ônibus, incluindo dois policiais, e outros dois mortos no ataque a um caminhão”, relatou a mesma fonte, que pediu para não ser identificada.

Os dois veículos foram incendiados, afirmou, acrescentando que os dois ocupantes do caminhão, que transportava frutas e legumes, morreram queimados. Além disso, cinco passageiros do ônibus ficaram gravemente feridos, entre eles um policial. Todos foram levados para a capital, Niamey.

Quatro mulheres e três homens sobreviveram ao ataque.

A região das “Três Fronteiras” – entre Níger, Burkina Faso e Mali – é, desde 2017, palco de ações sangrentas de movimentos jihadistas ligados à Al-Qaeda e ao grupo Estado Islâmico (EI).

Veja também:   Apicultores comemoram projeto que faz crescer a produção em ST