Atirador volta à cena do crime e mata jornalista e criança

Foto Ilustrativa/Pexels

Por Metrópoles

 

Um homem de 19 anos, suspeito de matar uma mulher a tiros nas proximidades de Orlando, na Flórida (EUA), voltou à cena do crime horas depois. Então, o atirador abriu fogo contra outras quatro pessoas, matando uma criança de 9 anos e um jornalista de televisão.

Segundo autoridades norte-americanas, o suspeito teria assassinado uma mulher de 20 anos, encontrada morta em casa por volta das 11h da manhã. Mais tarde, ele retornou à residência da vítima, entrou na propriedade vizinha e atirou contra a criança de 9 anos e a mãe dela.

Veja também:   Jovem 'Barbie do Tráfico' é morta a tiros

O homem ainda abriu fogo contra um repórter e um cinegrafista do canal Spectrum News 13, que estavam no local fazendo a cobertura do crime. Além da primeira vítima, a criança e o repórter morreram.

O canal fez uma homenagem ao repórter morto. Veja:

Os feridos foram encaminhadas para atendimento médico e ainda não há atualizações sobre o estado de saúde deles.

Veja também:   Criança de 8 anos e garoto de 14 são baleados

O atirador, identificado como Keith Melvin Moses, foi preso e responderá pelo crime. Os ataques aconteceram em Pine Hills, subúrbio de Orlando. Segundo o xerife do condado de Orange, John Mina, a investigação só conseguiu confirmar que o criminoso conhecia a primeira vítima, encontrada morta em casa.

“Pelo que sabemos, [o criminoso] não tinha nenhuma conexão com os repórteres e nenhuma conexão com a mãe e a criança de 9 anos. Não sabemos por que ele entrou naquela casa”. Ele também disse que não está claro se o suspeito sabia que os dois homens atingidos eram jornalistas.

Veja também:   Desconto na conta de luz beneficia 1,2 milhão de brasileiros

Mina disse que o suspeito estava armado com uma pistola quando foi levado sob custódia. Ele tem uma longa ficha criminal, que inclui prisões sob a acusação de ameaças com armas de fogo, agressão agravada, agressão com arma letal, roubo e furto.