Publicado às 05h13 deste sábado 19()

Neste mês de Campanha contra o Câncer de Pele, Dezembro Laranja, os dermatologista serra-talhadenses, Dr. Ricardo Bruno Santana e Dr. Samara Godoy, em conversa com Farol de Notícias,  afirmaram que os casos de câncer de pele e casos suspeitos tiveram aumento se comparados a 2019.

Dr. Ricardo Santana, formado pela Faculdade de Ciências Médicas da Paraíba (FCM-PB) e especialista em dermatologia pelo Colégio brasileiro de Medicina e saúde(CBMS), revelou que esse aumento pode ser fruto das campanhas de conscientização como a do Dezembro Laranja que ajuda as pessoas procurarem mais os consultórios médicos.

”No meu consultório, eu tenho identificado que houve um aumento moderado na quantidade de pessoas procurando o atendimento com casos suspeitos. Foi identificado um aumento na quantidade de consultas com casos suspeitos, houve um aumento de uns 10% em comparação ao ano anterior, pois a população está mais orientada sobre a doença. As campanhas são importantes porque o povo tem estado mais atento quanto ao aparecimento de novas lesões,” revelou o médico.

Veja também:   Noite de Forró e Farra nos bares de ST

Já a Drª Samara Godoy, afirmou que a pesar de no Brasil ter tido uma queda mínima, em seu consultório, em Serra Talhada, também houve aumento numérico de diagnósticos de aproximadamente 200 casos, mas não sabe ao certo se o aumento foi provocado pelo aumento da procura por consultas.

“No geral, no Brasil praticamente se mantiveram o número de casos de melanoma. O ano passado foram diagnosticados 180 mil novos casos e esse ano baixou um pouquinho, 177 mil novos casos. Aqui em Serra Talhada, no meu consultório, teve um número maior de casos, não sei se porque as pessoas procuraram mais atendimentos porque teve aquele período que as pessoas ficaram mais em casa e tiveram mais tempo, acabou que houve mais diagnósticos de casos no meu consultório esse ano, aproximadamente uns 200 casos a mais, aí fica esse viés porque a gente não sabe se foi porque as pessoas procuraram mais”.

Veja também:   Marília Arraes reúne grupo político em Serra Talhada

MEDIDAS PROTETIVAS

Segundo Drª Samara Godoy a maior parte dos casos de câncer de pele, são preveníveis, por isso a importância de ter atenção ao uso do protetor solar, e reaplicar a cada 2h mesmo em dias nublados. Esta é uma das orientações de prevenção mais importante e é a que as pessoas mais de descuidam.

Os dermatologistas ainda recomendam as seguintes medidas:

Usar chapéus, camisetas de proteção, óculos escuros e protetores solares;

Evitar a exposição solar e permanecer na sombra entre 10h e 16h (horário de verão);

Tentar ficar protegido por barracas, quando estiver em praias e piscinas, ajudam a inibir a exposição direta, e usar camisas de proteção solar com manga comprida;

Veja também:   Confira a previsão de hoje (10/08) para seu signo

Manter bebês e crianças protegidos do sol e utilizar filtros solares apropriados para a idade;

Procurar andar por locais mais cobertos quando sair nas ruas;

Consultar um dermatologista uma vez ao ano, no mínimo, para um exame completo.

Essas recomendações são para todo tipo de público, contudo os especialistas recomendam um cuidado redobrado para as pessoas do fototipo I e II, grupos de maiores riscos, que são pessoas de pele clara, com sardas, cabelos claros ou ruivos e olhos claros, as que possuem antecedentes familiares com histórico de câncer de pele, queimaduras solares, dificuldade para se bronzear e muitas pintas, também são fatores de risco para o melanoma.