Da Metrópoles

Foto: Vinícius Schmidt/Metrópoles

A alta no preço dos combustíveis tem causado impactos na economia brasileira, afetando indicadores importantes, como a inflação, por exemplo. Segundo dados recentes do boletim Focus, produzido pelo Banco Central, as estimativas das taxas inflacionárias devem saltar de 7,65% para 7,89% este ano no país, sendo a 16ª alta consecutiva neste indicador.

Com a intenção de diminuir os danos do aumento nas bombas, foi proposto na Câmara Federal o Projeto de Lei 535/22, que visa a implementação do Auxílio Combustível para determinados segmentos de trabalhadores.

De acordo com pesquisa do Sistema de Levantamento de Preços da Agência Nacional do Petróleo (ANP), realizada em mais de 4.700 postos de todos os estados e do Distrito Federal, o preço médio da gasolina comum chegou a R$ 7,32 em março.

Veja também:   Dia Nacional da Luta Antimanicomial reforça inclusão