O colunista de economia do Jornal do Commércio, Fernando Castilho, fez questão de cutucar a pasta dos Transportes de Eduardo Campos (PSB), nesta sexta-feira (25). Por sinal, como ele mesmo diz,”a que mais gera noticias ruins para o governo”. Na avaliação, ele citou o nome do deputado serratalhadense Sebastião Oliveira (PR) alegando que o parlamentar teve graves problemas de “performance” e que, por conta disso, as feridas da Secretaria ficaram claras para toda a sociedade a partir de então.

Segundo Castilho, “Sebá” não teria alcançado as metas estipuladas por Eduardo, deixando todas “abaixo da média da equipe nas reuniões de monitoramento controladas por Geraldo Júlio”. O republicano, por outro lado, sempre defendeu em seus discursos a boa imagem de gestor que teria ganho à frente da combalida secretaria. É aquele velho ditado do “se eu digo e você acredita, bom pra mim. Se não, o problema é teu”. Literalmente.

Um dos principais imbróglios na gestão de “Sebá”, agora, tendo em vista Serra Talhada, recaiu sobre a polêmica reforma (ou reconstrução) do terminal rodoviário da Capital do Xaxado. Por sua vez, todos (dizemos, todos mesmo!) colocaram fé para que o deputado mudasse a realidade daquele equipamento que está com a mesma cara desde a década de 70, quando foi inaugurado. Fato: Sebastião saiu e a “coisa” continua lá.

Veja também:   Em agenda em Serra Talhada, Anderson Ferreira detona Paulo Câmara e exalta Bolsonaro