Baianos e Novos Caetanos tinham a genialidade do Arnaud Rodrigues

Por Paulo César Gomes, Professor e pesquisador, colunista do Farol

A coluna “Viagem ao Passado” destaca uma imagem da revista Sétimo Céu, de 1975, com o Baiano e os Novos Caetanos, uma dupla formada por Baiano (o cearense Chico Anísio) e Paulinho Boca de Profeta (o serra-talhadense Arnaud Rodrigues), durante apresentação no humorístico “Chico City”, exibido na Rede Globo.

Nascida nos anos 70 como uma sátira ao tropicalismo, trazia em suas canções letras divertidas e engajadas e um instrumental de primeira, com belos arranjos de violões, sanfonas e cavaquinhos, entre outros instrumentos.

Veja também:   Governo do Panamá proíbe Odebrecht de atuar no país por investigações na Lava Jato

O primeiro disco foi lançado em 1974. A dupla ficou marcada por clássicos como “Vô Batê Pá Tu“, que fala das delações sob tortura na ditadura militar e o clima de silêncio imposto pela censura:

“O caso é esse: dizem que falam, que não sei o quê / Tá pra pintar ou tá pra acontecer / É papo de altas transações / Deduração, de um cara louco que dançou com tudo / Entregação com dedo de veludo / Com quem não tenho grandes ligações”, diz a letra.

Veja também:   Amigos prestam solidariedade a Edson Lima; Duque grava vídeo

Já a música “Urubu Tá com Raiva do Boi“, uma crítica à situação econômica do país e ao “milagre econômico brasileiro”, e a bela “Folia de Reis“, fizeram de Baiano e Os Novos Caetanos um nome significativo no universo do samba-rock e da música rural. A dupla também fez muito sucesso fora do Brasil, tendo como exemplo a França.

Na próxima publicação da coluna você vai conhecer um pouco dos detalhes da separação artística dos gênios do humor, Arnaud Rodrigues e Chico Anísio.

Veja também:   Caminhonete de PE é apreendida em MS

Discografia da dupla:

Baiano e os Novos Caetanos vol 1 Lançado em 1974.

 Baiano e os Novos Caetanos vol 2 Lançado em 1975.

Azambuja & Cia. Foi lançado em 1975.

 A volta.Foi lançado em 1982.

Sudamérica. Foi lançado em 1985.

Chico Anysio ao Vivo. Show de stand up comedy de Chico, com textos de Arnaud

Baianos e Novos Caetanos tinham a genialidade do Arnaud Rodrigues