Do Diario de Pernambuco 

Queixando-se de crises de soluços persistentes há 11 dias, o presidente Jair Bolsonaro foi internado no Hospital das Forças Armadas na manhã desta quarta-feira (14), após sentir dores abdominais durante a madrugada. Ele passará por exames para investigar a causa dos soluços e deve ficar em observação entre 24h a 48h, de acordo com nota divulgada pelo Planalto.

 

Por essa razão a agenda da Presidência da República do dia de hoje foi cancelada. Estava prevista a reunião do Comitê de Coordenação Nacional para Enfrentamento da Pandemia da Covid-19 e um encontro entre os chefes dos Poderes, que teve o seu cancelamento divulgado pelo STF (Supremo Tribunal Federal).