Avião pousandoMais uma vez o prefeito de Serra Talhada viajou à Brasília, onde chegou nesta segunda-feira (12), com a justificativa de procurar “agilizar demandas” para o município que, para ele, cresce “a passos largos”. A assessoria de imprensa do gestor garantiu que Duque vai “peregrinar” por ministérios, de novo, em busca de recursos. Em Brasília, ele deve participar também da XVII Marcha dos Prefeitos em Defesa dos Municípios.

“Mais uma vez estarei peregrinando pelos Ministérios em buscar dos recursos necessários para o desenvolvimento de Serra Talhada, como já disse anteriormente, não basta enviar projetos, é preciso acompanhar o andamento de cada um e, é isto que estamos fazendo aqui, acompanhando e procurando agilizar nossas demandas, afinal Serra Talhada cresce a passos largos e temos que acompanhar este crescimento”, declarou o prefeito, via assessoria de imprensa.

Veja também:   Escândalos de corrupção envolvendo o PT dividem leitores quanto a reeleição de Duque

Luciano Duque informou que só volta na próxima quinta-feira (15). Dessa forma, acaba saindo pela tangente e deixando uma “batata quente” para o secretário municipal de Educação, Edmar Júnior, resolver sozinho: nesta terça-feira (13), ele se reúne com os servidores da Educação na Câmara Municipal, às 9h, para tentar negociar uma elevação salarial junto à categoria. A proposta do governo, que oferece reajuste de apenas 2%, tem sido bastante criticada pelos professores, que ameaçam deflagrar greve por tempo indeterminado.

Veja também:   Duque conquista apoios no S. Francisco