Califórnia sofre com tempestade que deixou mortos e 830 mil sem energia
Foto: MARIO TAMA / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / GETTY IMAGES VIA AFP

Do Diario de PE

Uma forte tempestade no sul da Califórnia, nos EUA, provocou deslizamentos de terras que danificaram habitações e obrigaram residentes a abandonar as casas, deixando cerca de 830 mil pessoas sem eletricidade em todo o Estado. Até o momento foram registradas três mortes.

A tempestade sem precedentes no sul do Estado norte-americano causou inundações que atingiam também inúmeras infraestruturas, quebrando um recorde de volume de chuva que já perdurava por 97 anos. Escolas cancelaram aulas e moradores precisaram ser evacuados de várias regiões em meio à enchente.

Veja também:   Espanha aprova vacinação de crianças de 5 a 11 anos

Receba as manchetes do Farol de Notícias em primeira mão WhatsApp (clique aqui)

A área de Hollywood Hills e a zona montanhosa de Santa Monica ainda estão sob alerta devido ao perigo de deslizamentos e queda de árvores.

A tempestade já havia atingido no dia anterior o norte do Estado mais populoso dos Estados Unidos. A previsão do Serviço Meteorológico Nacional é de que em partes de Los Angeles e Orange County tenha mais chuva até hoje do que a média prevista para todo o mês de fevereiro.

Veja também:   Advogada tem casa invadida em ST e sofre 'arrastão'

De acordo com os meteorologistas norte-americanos, a tempestade é causada pela estagnação de um rio atmosférico, uma espécie de grande nuvem de umidade, sobre a região. Desde domingo, as autoridades locais estimaram que as chuvas e ventos fortes fossem durar aproximadamente 36 horas.