Câmara retoma os trabalhos em ritmo de articulação eleitoral em STA Câmara Municipal de Serra Talhada (CMST) retorna às atividades legislativas na próxima terça-feira (20), ao fim do recesso carnavalesco. Como em todo o Brasil, o ano político, de fato, está começando.

As expectativas não giram apenas em torno dos debates na tribuna, que deverão ser acalorados, mas já existe muita articulação nos bastidores para formar chapas competitivas.

Receba as manchetes do Farol de Notícias em primeira mão pelo whatspp (clique aqui)

Há muitos desafios, mas um dos maiores é assegurar a cota de 30% destinada às mulheres. Serra Talhada tem um universo maior de eleitoras, mas há apenas uma mulher na Casa Joaquim de Souza Melo. Outras conversas também surgiram, antes do carnaval, dentro do Partido dos Trabalhadores (PT), da prefeita Márcia Conrado. Um dos alvos é assegurar a filiação do vereador China Menezes, que ainda resiste à ideia.

Veja também:   Prefeitura de Serra Talhada inicia reparos no Pereirão

E A OPOSIÇÃO:

No bloco da Oposição o cenário é ainda mais delicado. Não há uma definição sobre o nome do candidato majoritário. Os blocos ainda buscam o nome ideal, e o único consenso é o deputado Luciano Duque, que não se pronunciou sobre o assunto.

Entre os nomes bem cotados à reeleição, destaque para o vereador Vandinho da Saúde, que acabou se encaixando como o ‘anti-Márcia Conrado’. Partidos como PDT, Solidariedade, Avante, Podemos, entre outros, já contam com nomes fortes à Câmara Municipal.