Publicado às 14h05 desta quarta-feira (20)

Imagem ilustrativa

Uma mãe de 51 anos deixou o instinto materno prevalecer durante uma confusão no último domingo (17), no bairro São Cristóvão, em Serra Talhada. Ao ver seu filho sendo puxado pela camisa e arrastado por um homem armado de faca peixeira, a mulher, na companhia de um outro filho, entrou na confusão para salvar o filho e acabou sendo esfaqueada duas vezes na região das axilas, e também nas costas.

A situação só não ficou pior porque o segundo filho da vítima, entrou em luta corporal com o agressor, que fugiu logo em seguida. O agressor foi identificado como sobrinho da mãe serra-talhadense. Apesar dos golpes, ela não corre risco de morte. A vítima foi conduzida para o Hospital Regional Agamenon Magalhães (Hospam) e após atendimento, foi liberada.

Veja também:   Ex-ministro de Bolsonaro atuou como um 'bobo da corte' em ST